Notícias » Bizarro

Na Austrália, chineses estão sendo alvo de sequestros forjados

Em momentos insólitos, muitas pessoas estão sendo obrigadas a simularem o próprio sequestro; autoridades suspeitam de gangue

Redação Publicado em 28/07/2020, às 12h45

Uma das vítimas
Uma das vítimas - Divulgação/Polícia de Nova Gales

Autoridades da Austrália revelaram uma série de episódios bizarros que estão acontecendo no país. Jovens chineses estão sendo manipulados por gangues. O motivo? Eles são obrigados a fingir o próprio sequestro. Os detalhes do caso foram divulgados pela CNN.

De acordo com as investigações, os mandantes do crime já teriam conseguido 3,2 milhões de dólares australianos com os resgates. Diante do número de casos, as autoridades acreditam que os episódios estejam sendo conduzidos por uma gangue. Isso porque foram identificados casos semelhantes em estados como Victoria e Queensland.

Em um dos “sequestros”, um pai chegou a pagar mais de 14 mil dólares quando se deparou com um vídeo onde a filha aparecia com os olhos vendados. Em seguida, ela seria encontrada pelas autoridades num quarto de hotel.

A tática

Para realizar os crimes com sucesso, os autores sequestram vítimas, que em seguida são amarradas e fotografas com os olhos cobertos. Além disso, eles também podem ameaçar as pessoas abordadas online, que acabam transferindo valores para contas de fora.

Segundo Peter Thurtell, autoridade que trabalha no caso, as gangues procuram famílias que se desesperam facilmente. De acordo com ele, se trata de um perfil de familiares que ficam: "traumatizados com o que veem, acreditando que seus entes queridos estão em perigo real". Sem procurar a polícia, acabam pagando valores absurdos.

As autoridades australianas já estão trabalhando em parceria com o governo e Embaixada da China no país para investigar os casos e emitir alerta a população.