Notícias » Brasil

Nas redes sociais, Renan Bolsonaro faz provocações a respeito da CPI da Covid

Em resposta, políticos tentam convocar o filho do presidente para prestar depoimento

Redação Publicado em 21/09/2021, às 10h19

Imagens capturadas de vídeo publicado na rede social de Jair Renan
Imagens capturadas de vídeo publicado na rede social de Jair Renan - Divulgação/Instagram/@bolsonaro_jr

Na última segunda-feira, 20, Jair Renan, o filho mais novo do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (sem partido) usou a ferramenta Stories, do Instagram, para publicar uma série de vídeos em que registra sua visita a uma loja de armas. 

Nas publicações, o filho 04 — como é chamado pelo pai — fez provocações mencionando a CPI da Covid. “Alô CPI”, escreveu Renan, que nos vídeos mostra algumas armas e se refere a elas como “brinquedos”.

Em resposta ao posicionamento do filho do presidente, o senador Alessandro Vieira moveu uma ação para tentar convocar Renan Bolsonaro a depor na CPI, com a justificativa de que ele possa "dar pessoalmente um alô para a CPI e preste esclarecimentos sobre seus vínculos com o lobista Marconny Faria e supostas ameaças a parlamentares”.

O senador Rogério Carvalho também falou sobre a provocação do jovem e afirmou que irá "levantar uma questão de ordem na CPI”. O político definiu a atitude do filho do presidente como uma “molecagem” que pode incitar a violência.

Confira o vídeo.