Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Estados Unidos

Nos EUA, homem esconde por mais de dois anos o corpo de mãe morta em ‘storage’

O homem de 53 anos teria mantido o corpo da mãe que faleceu em 2021 escondido em um ‘storage’ por medo das autoridades; entenda o caso!

Redação Publicado em 27/12/2023, às 17h51

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
'Storage' utilizado por Rogelio Bernal - Reprodução / Google Maps
'Storage' utilizado por Rogelio Bernal - Reprodução / Google Maps

No Texas, um homem chocou as autoridades ao manter o corpo de sua mãe falecida escondido por mais de dois anos, revelou o jornal New York Post, com base em informações da emissora KSAT.

Rogelio Bernal, de 53 anos, confessou à polícia que escondeu o cadáver no interior de um espaço de guarda-móveis, conhecido como "storage", por cerca de metade desse período.

A idosa teria falecido em 31 de outubro de 2021, após uma queda no chuveiro, enquanto os dois compartilhavam um apartamento. Bernal alegou ter encontrado a mãe ainda viva no chão, mas não acionou ajuda médica devido à sua "extensa ficha criminal".

A macabra descoberta ocorreu apenas no último dia 21, quando um homem adquiriu uma das unidades de guarda-móveis em um leilão e se deparou com o corpo dentro de uma lata de lixo.

Detenção do filho

O filho foi detido no dia seguinte por ocultação de cadáver, além de enfrentar acusações relacionadas a drogas ilícitas. Segundo relatos, o histórico criminal de Bernal teria influenciado sua decisão de não reportar a morte da mãe.

Antes de transferir o corpo para o "storage", o homem teria mantido o cadáver em um armário no apartamento, usando substâncias como soda cáustica para encobrir os vestígios, segundo informações do UOL.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!