Notícias » Mundo

Nova Zelândia proíbe venda de tabaco para próxima geração

Pessoas nascidas depois de 2008 não poderão comprar produtos derivados do tabaco

Paola Orlovas, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 09/12/2021, às 14h55

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Getty Images

A Nova Zelândia passou uma lei que visa proibir a venda de tabaco para sua próxima geração, tentando acabar com o fumo no país. Com a lei, que deve ser promulgada no próximo ano, qualquer pessoa que tenha nascido depois de 2008 não poderá comprar produtos derivados do tabaco ou cigarros.

A ministra de Saúde do país, Ayesha Verall, falou sobre as intenções do governo com a lei:

Queremos garantir que os jovens nunca comecem a fumar”, afirmou.

A proibição faz parte de uma repressão ao fumo anunciada pelo Ministério da Saúde do governo neozelandês nesta quinta-feira, 9, que foi saudada por especialistas em saúde e médicos da nação. As informações são da BBC.

A Nova Zelândia que acabar com o fumo dentro de seu território, e para isso busca, inicialmente, atingir uma meta nacional de reduzir sua taxa de fumantes para 5% até 2025. Hoje, cerca de 13% dos adultos da Nova Zelândia e 31% da população indígena Maori fumam.

Outra parte da repressão anunciada nesta quinta-feira, 9, foi a introdução de grandes controles ao tabaco, como uma restrição significativa em relação a onde os cigarros podem ser encontrados e comprados, como supermercados.