Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Madeleine McCann

O novo desabafo da jovem que acredita ser Madeleine McCann: 'Por favor, me ajude'

Em entrevista, jovem que acredita ser Madeleine McCann fez um apelo enquanto busca respostas sobre o seu passado

Redação Publicado em 30/03/2023, às 11h45 - Atualizado às 11h52

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Julia e a garotinha desaparecida Madeleine McCann - Reprodução/Vídeo e Divulgação
Julia e a garotinha desaparecida Madeleine McCann - Reprodução/Vídeo e Divulgação

Nos últimos meses, uma jovem polonesa chamada Julia se tornou um dos mais comentados assuntos das redes sociais. Ao despertar a teoria de que poderia ser Madeleine McCann, Julia instigou internautas e até mesmo alvo de ameaças. 

Enquanto procura respostas sobre o seu passado, a jovem polonesa fez um apelo ao pai durante entrevista, enquanto estava ao lado da detetive que a auxilia, Fia Johannson. Conforme repercutido pelo Radar Online, Julia disse que o seu pai pode sentir medo. 

A jovem polonesa Julia /Crédito: Reprodução/Redes Sociais

"Não sei se você está vendo isso... Mas eu sempre soube que você é uma boa pessoa... Tenho quase certeza que você está com medo, e é por isso que você não está falando comigo agora, mas você é a única pessoa que não me bloqueou e ainda está lendo minhas mensagens", disse a jovem durante a entrevista. 

O desabafo

Em seguida, ela pede para que o pai não sinta medo e que ela precisa 'lutar' para tirar as dúvidas sobre o seu passado. 

"Você é meu pai. Você sempre foi meu pai", disse Julia. "Não tenha medo. Você sempre me disse que eu sou um tigre e tenho que lutar com pessoas que me intimidaram na escola. Eu tenho que lutar com meu passado... Você me ensinou isso. Você também pode ser esse tigre". 

A teoria de que poderia ser Madeleine McCann surgiu em junho do ano passado. Na época, repercute o Radar Online, Julia questionou ao pai se eles são 'biologicamente relacionados'. Ela disse que, inicialmente, o pai respondeu 'sim, claro'. Todavia, a medida em que a conversa continuava, ele parecia recuar e afirmar que a amaria 'de qualquer maneira'. 

"Mesmo se você tiver cometido uma pequena falha no meu passado, você é um tigre porque disse que eu sou um tigre", disse ela. "Acredito que você me ama e por favor me ajude porque sei que você quer me ajudar e para meus irmãos mais novos, eu te amo e sinto sua falta, e ainda sou sua irmã."

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!