Notícias » Brasil

'O presidente é um covarde', diz filho de Bruno Covas em entrevista

Tomás Covas, de 16 anos, relembrou a fala de Jair Bolsonaro sobre seu pai. Entenda!

Redação Publicado em 14/08/2021, às 07h56

Fotografia de Tomás e Bruno Covas
Fotografia de Tomás e Bruno Covas - Divulgação/Instagram/@brunocovas

Em recente entrevista para a revista Veja, Tomás Covas, filho de Bruno Covas, falou sobre seu pai. O político que foi eleito prefeito de São Paulo em 2020, faleceu em 16 de maio de 2021, em decorrência de um câncer.

Na conversa, o jovem de 16 anos relembrou os últimos momentos ao lado de seu progenitor “Fiquei com ele até o último instante, segurando sua mão.”, revelou.

Tomás falou ainda sobre a postura do presidente país, Jair Bolsonaro, que se referiu a Bruno Covas como “aquele que morreu”:

“Mesmo tão novo, por toda essa experiência, não cheguei a ficar surpreso com o ataque de Jair Bolsonaro, em que ele se refere a meu pai como ‘aquele que morreu’ e o critica por ter me levado no meio da pandemia à final da Copa Libertadores, entre Palmeiras e Santos. O presidente é um covarde que não sabe o que a palavra amor quer dizer.”, afirmou.

Covas terminou a entrevista falando sobre os planos para seu futuro, o adolescente afirmou que irá estagiar no Palácio dos Bandeirantes, em uma oportunidade ofertada pelo governador do estado de São Paulo, João Doria.

“Quero um dia entrar na política e levar adiante o legado meu bisavô (Mario Covas) e do meu pai.”, disse Tomás.

Confira o relato completo de Tomás Covas aqui.