Notícias » Personagem

Morre Bruno Covas, prefeito de São Paulo, após intensa batalha contra o câncer

Prefeito estava internado desde começo de maio no Sírio Libanês, em São Paulo

Thiago Lincolins Publicado em 16/05/2021, às 11h07 - Atualizado às 11h08

Bruno Covas em 2017
Bruno Covas em 2017 - Getty Images

O Brasil recebeu a triste notícia de que o prefeitoBruno Covas faleceu aos 41 anos após uma intensa luta contra o câncer, às 8h20 deste domingo, 16.  

Em seus últimos momentos de vida, Bruno foi submetido a sedativos e analgésicos para evitar as fortes dores.

Na última sexta-feira, 14, o quadro clínico de Bruno foi considerado irreversível pelos médicos que acompanhavam seu tratamento. 

"O Prefeito Bruno Covas segue internado no Hospital Sírio-Libanês recebendo medicamentos analgésicos e sedativos. O quadro clínico é considerado irreversível pela equipe médica. Neste momento, encontra-se no quarto acompanhado de seus familiares", detalhou um boletim divulgado na sexta-feira.

Agora, será realizada uma cerimônia na sede da prefeitura de SP, às 13h, apenas para seus familiares e amigos próximos. Já o enterro se dará em Santos, contando com família do ex-prefeito.

O histórico

Internado desde 2 de maio no Sírio Libanês, em São Paulo, Covas passava por um tratamento contra o câncer que atingiu o sistema digestivo com metástase nos ossos e fígado, conforme divulgado pelo portal de notícias G1.

A luta de Covas contra o câncer não é recente. Em 2019, ele foi diagnosticado com a doença e foi submetido a quatro meses de quimio, processo que foi capaz de impedir o avanço da doença. Entretanto, o ex-prefeito acabou encontrando novas complicações em abril de 2021.

Durante o tratamento recente, Bruno chegou passar por imunoterapia e terapia-alvo. Já na última semana, ele fora sumbetido a sessões de radioterapia com o objetivo de ajudar a conter um sangramento agudo na cárdia. 

Covas durante as últimas eleições de SP /Crédito: Getty Images

 

'Continuo a lutar'

No último 9 de maio, que marcou o Dia das Mães, o prefeito chegou a homenagear não só a sua mãe, mas também Karen Ichiba, ex-mulher e progenitora de seu filho, Tomás, que tem 15 anos. 

"Vamos todos celebrar essa data tão especial, mas sem esquecer de manter os cuidados com o uso de máscara, álcool em gel e mantendo o distanciamento social. Bom domingo! #forçafocoefé", pediu o político.

No mesmo dia, o prefeito publicou uma imagem onde aparecia sorridente e revelando que não tinha perdido a motivação. 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Bruno Covas (@brunocovas)

 

"Continuo a lutar aqui no hospital. sem baixar a cabeça e sem perder minha motivação. Muita força, foco e fé. Espero logo estar junto de vocês para agradecer por todo carinho", informava a postagem.

A trajetória de Bruno

Bruno nasceu na cidade de Santos, que compreende o literal de SP, em 7 de abril de 1980. Além de prefeito, Covas também era advogado e economista.

Descobrindo sua vocação na política, ele atuou não só como deputado estadual, secretário de Meio Ambiente de SP e presidente do Juventude do PSDB, mas também como deputado federal.

Neto de Mário Covas, o site oficial de Bruno descreve que ele enxergava o avô como uma grande referência na política. "Aprendi com meu avô que inspirar as pessoas e dar o exemplo são parte da tarefa pública", disse Bruno. 

Conseguindo o cargo de prefeito de São Paulo em abril de 2018 após a renúncia de João Dória, atual governador de SP, o pai de Tomás acabou garantindo a reeleição no ano de 2020. Vale ressaltar que foi nesta disputa que ele conseguiu o feito de vencer todos os distritos eleitorais de SP num único turno.