Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Mundo

O que fez lago no Havaí ficar rosa?

Descubra o que levou as águas de lago da ilha de Maui a ficar cor de rosa

Redação Publicado em 11/11/2023, às 11h15

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Imagem do lago rosa no Havaí - Reprodução/Instagram/@traviskeahi_photos
Imagem do lago rosa no Havaí - Reprodução/Instagram/@traviskeahi_photos

Há cerca de duas semanas, um lago no Havaí chamou a atenção do mundo. A água do Refúgio Nacional de Vida Selvagem de Kealia Pond, um pântano salgado na costa da ilha de Maui está cor de rosa. Segundo as autoridades, a cor foi causada por um aumento no teor de sal, em razão da seca extrema na região. 

Após analisar amostras de água encaminhadas à Universidade do Havaí, o Serviço de Pesca e Vida Selvagem dos Estados Unidos apontou que halobactérias causaram a tonalidade magenta do lago. 

Está bactéria é um organismo unicelular, que prospera em águas com alto índice de sal, como o Grande Lago Salgado e o Mar Morto. Além disso, ela é considerada extremófila, o que significa que possui uma tolerância para ambientes extremos, como neste caso, onde a salinidade é duas vezes maior que a observada na água do mar. 

Conforme repercutido pela CNN Brasil, embora o nome Kealia signifique "incrustação de sal", o nível de salinidade do lago superou sua média anual em razão da seca extrema observada em Maui, segundo o Monitor de Secas dos EUA.

Mudanças climáticas

O riacho Waikapu, responsável por transportar água das montanhas ocidentais de Maui para o lago Kealia, também flui pelo local. A redução na entrada de água doce no lago resultou no aumento da concentração de sal, proporcionando um ambiente propício para as halobactérias de cores vibrantes.

Atualmente, 90% do condado de Maui, que engloba outras ilhas, enfrenta condições de seca severa, agravadas desde o incêndio fatal que atingiu Lahaina no último mês de agosto.

Os especialistas continuam a investigar como as mudanças climáticas impactarão o Havaí, mas, de modo geral, a seca tende a se intensificar à medida que a temperatura global aumenta, mesmo em regiões tropicais como esta.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!