Notícias » Crimes

Obra de arte de 400 anos é roubada de museu em Amsterdã

A pintura de Frans Hals, criada no século 17, foi furtada pela terceira vez nos últimos 30 anos

Alana Sousa Publicado em 31/08/2020, às 12h30

Dois meninos com uma caneca de cerveja rindo (1626)
Dois meninos com uma caneca de cerveja rindo (1626) - Wikimedia Commons

Na madrugada da última quarta-feira, 28, ladrões arrombaram o Museu Hofje van Mevrouw van Aerden, localizado na ciadade de Leerdam, em Amsterdã e roubaram uma estimada obra de arte do século 17.  

Os alarmes do local foram acionados rapidamente, no entanto, os bandidos foram ainda mais ágeis. Quando a polícia chegou ao museu, deram falta da prestigiada obra de Frans Hals: Dois meninos com uma caneca de cerveja rindo, pintada em 1626.

Entretanto, o caso de furto com o quadro de quase 400 anos já não é novidade para as autoridades. Nos últimos 32 anos, a pintura já foi roubada três vezes, informou em comunicado a polícia local. A primeira ocorrência se deu em 1988 e, a mais recente, em 2011.

Museu Hofje van Mevrouw van Aerden / Crédito: Wikimedia Commons

 

Em entrevista à BBC, Arthur Brand, o detetive responsável por investigar o roubo, afirmou que “é muito difícil proteger pequenos museus porque custa muito dinheiro”. Sendo assim, os criminosos enxergam uma fácil oportunidade em levar relíquias e depois pedirem a diminuição da pena para devolvê-las.

O valor da obra é estimado em cerca de 17 milhões de dólares — o equivalente a pouco mais de 93 milhões de reais. Até o momento, não existem suspeitos e a polícia pede para que todas as pistas sejam relatadas, pois, “toda a ajuda é bem-vinda para resolver o problema”.