Notícias » Estados Unidos

“Os números são claros. Vamos ganhar”, afirma Joe Biden em discurso

Até o momento, o candidato democrata lidera com a maioria dos delegados em quatro estados que podem definir as eleições

Alana Sousa Publicado em 07/11/2020, às 09h00

Trump (à esqu.) e Biden (à dir.)
Trump (à esqu.) e Biden (à dir.) - Wikimedia Commons

A contagem de votos das eleições presidenciais dos Estados Unidos está causando desespero mundo a fora. Faz alguns dias desde que a população, tanto nacional quanto estrangeira, espera pelo resultado do novo governante de uma das maiores potenciais mundiais.

Não só os eleitores se encontram em estado de agonia, os candidatos também estão atraindo a atenção da mídia por suas declarações. De um lado, Donald Trump acusa a contagem de fraudulenta, mesmo sem provas nenhuma, e espalha uma onda de fake news em suas redes sociais.

Já seu rival, Joe Biden, que até agora lidera com o número de delegados, se mostra mais esperançoso e se dirige ao país em tom confiante. Em um discurso, durante essa madrugada, o ex-vice de Obama falou: “Os números são claros. Vamos ganhar”. E acrescentou que sua “responsabilidade como presidente será representar toda a nação”.

Tais números que Biden faz referência são dos estados de Geórgia, Pensilvânia, Arizona e Nevada, que fazem uma contagem lenta dos votos, mas dão a ele um cenário positivo. A informação foi divulgada pelo El País, que afirma que a apuração poderá se estender por todo o final de semana.