Notícias » Estados Unidos

Político anti-direitos LGBT aparece nu ao lado de homem em vídeo vazado

Repetições de casos do americano Madison Cawthorn chamam atenção, saiba mais

Redação Publicado em 06/05/2022, às 10h31

O congressista americano Madison Cawthorn
O congressista americano Madison Cawthorn - Getty Images

Um político conhecido por ser contra os direitos LGBTQ+ ao defender pautas contra a comunidade no Congresso dos Estados Unidos está causando polêmica devido a um vídeo vazado em que aparece nu ao lado de outro homem simulando um movimento sexual.

O congressista da Carolina do Norte Madison Cawthorn, de 26 anos, se posicionou sobre o caso ao acusar um senador anti-Donald Trump, ex-presidente do país, de ter vazado a gravação. Ele não citou nomes, apenas dizendo que era um político do seu estado.

“Todo conselheiro político me diz para apenas enfrentar a tempestade. Para não me preocupar em responder às notícias porque tenho ‘uma vantagem tão grande’ e ‘porque você é o titular’, mas fui eleito exatamente pelo motivo de ser um lutador”, disse no vídeo publicado no Instagram.

Pelo Twitter, o político também falou sobre o vazamento, explicando o ocorrido. Segundo ele, a situação não passou de uma “brincadeira” com um amigo:

“Anos atrás, neste vídeo, eu estava sendo grosseiro com um amigo, tentando ser engraçado. Estamos agindo feito tolos, e brincando. É isso”, relatou.

Conforme destacou a revista Veja, Cawthorn prometia durante sua campanha que seria uma “uma voz forte de fé, família e liberdade”, contra os direitos da população LGBQ+. Apoiador de Trump, posicionou-se contra o casamento de pessoas do mesmo gênero e linguagem neutra.

Além do vazamento do vídeo, o congressista já foi protagonista de outra polêmica de mesmo cunho. No ano passado, outro vídeo vazado mostrou um membro de sua equipe colocando a mão em seu órgão genital dentro de um carro em tom considerado “cômico”.