Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Arqueologia

Possível barco viking é descoberto debaixo de pub na Inglaterra

Arqueólogos encontraram um barco enterrado no estacionamento de um pub no noroeste da Inglaterra por meio de anotações antigas

Redação Publicado em 20/02/2023, às 17h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
O pub The Railway, onde foi localizado o possível barco viking, enterrado na área do estacionamento - Divulgação/Rept0n1x/Creative Commons
O pub The Railway, onde foi localizado o possível barco viking, enterrado na área do estacionamento - Divulgação/Rept0n1x/Creative Commons

Cientistas e arqueólogos da Universidade de Nottingham estão investigando um barco antigo enterrado debaixo do estacionamento do pub The Railway no distrito metropolitano de Meols, que fica no noroeste da Inglaterra.

Em uma nota oficial da Universidade de Nottingham, os pesquisadores afirmam que, depois de analisar amostras ambientais e de madeira do barco para revelar detalhes mais precisos sobre a origem da embarcação, eles chegaram a conclusão de que o navio pode ser um barco viking.

O barco enterrado debaixo do pub foi achado pela primeira vez em 1938, de maneira acidental, por alguns trabalhadores que desenterraram a embarcação parcialmente. O patrão deu ordens de que a relíquia arqueológica fosse enterrada novamente, e continuou esquecida até que a embarcação foi localizada por meio das anotações de um dos trabalhadores, que guardou registros detalhados e um esboço à mão do barco.

Barco viking?

Nas anotações do trabalhador, um esboço de um barco com um design de pranchas sobrepostas chamou atenção, já que essa é uma característica tipicamente escandinava. De acordo com o esboço, o barco teria entre 6 e 9 metros de comprimento e seria um navio de transporte ou de pesca.

A equipe da universidade de Nottingham realizou varreduras de radar pela área apontada nos esboços e descobriu que realmente há indícios de uma embarcação, enterrada a três metros abaixo da superfície do estacionamento. Se esses dados forem confirmados, o barco provavelmente estará envolto em uma argila azul encharcada, o material ideal para conservar a madeira do casco.

Análises de evidência de DNA na área do barco também apontam para uma origem nórdica. Os próximos passos da pesquisa envolverão, segundo informações da revista Galileu, uma escavação sistemática da área. Para isso, 100 furos serão realizados na área em frente ao bar para a coleta de amostras da madeira e do ambiente que servirão para análises químicas para datar os materiais.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!