Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Canadá

Projeto piloto descriminalizará drogas pesadas na Colúmbia Britânica

Com a medida, a província canadense busca uma nova forma de lidar com usuários de drogas

Redação Publicado em 01/06/2022, às 11h24

Imagem ilustrativa pessoa usuária de drogas - Imagem de lechenie-narcomanii via Pixabay
Imagem ilustrativa pessoa usuária de drogas - Imagem de lechenie-narcomanii via Pixabay

O governo canadense anunciou na última terça-feira, 31, que descriminalizará as drogas pesadas na Colúmbia Britânica por meio de um projeto piloto. O programa visa enfrentar a atual crise de opioides a partir do tratamento em vez de enviar usuários para as prisões.

A medida, que entrará em vigor em 2023, terá a duração de três anos e também valerá para drogas como cocaína, ecstasy, entre outras substâncias. Assim, adultos que estiverem na Colûmbia Britânica e forem vistos com até 2,5 gramas de drogas pesadas não poderão ser apreendidos nem ter o produto confiscado pela polícia.

Novo procedimento

Segundo informações da agência de notícias APF, o combate ao vício deverá ocorrer por meio de informações sobre como acessar ajuda médica para realizar tratamentos. "Por muitos anos, a oposição ideológica à redução de danos custou vidas", disse a ministra federal de Saúde Mental e Vícios, Carolyn Bennett, durante entrevista coletiva.

Fazemos isso para salvar vidas, mas também para dar aos usuários de drogas dignidade e poder de decisão", completou.

Para Bennett, isso se tornaria "um modelo para outras jurisdições no Canadá". De acordo com a fonte, cidades localizadas em outras províncias, como Montreal e Toronto, já manifestaram o desejo de aplicar medidas similares.