Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / The Crown

Quem é o médico que fez Diana se apaixonar após o divórcio com Charles?

Retratado em 'The Crown', ele foi responsável por aventurar Lady Di após os anos na família real britânica

Wallacy Ferrari

por Wallacy Ferrari

wferrari@caras.com.br

Publicado em 16/11/2022, às 17h45 - Atualizado em 19/11/2022, às 16h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Hasnat Khan e Diana retratados em 'The Crown' - Divulgação / Netflix
Hasnat Khan e Diana retratados em 'The Crown' - Divulgação / Netflix

A quinta temporada de 'The Crown' tem angariado uma impressionante audiência na plataforma de streaming Netflix ao abordar, em nova atualização, os bastidores da família real britânica na reta final do século 20.

Em meio a diversos escândalos, incidentes pessoais e separações, o ressurgimento de Diana Spencer como figura pública, após deixar a vida na realeza ao lado de Charles, não apenas atraiu os principais tabloides do mundo, como resultou em especulações sobre seus próximos amores após deixar a monarquia.

Como mostrado no sétimo episódio da mais recente temporada, o primeiro amor publicamente conhecido após o termino da princesa foi o médico Hasnat Khan, interpretado pelo ator paquistanês Humayun Saeed no seriado.

Ambos se conheceram antes mesmo da conclusão do processo de divórcio da loira, que ocorreu em 1996. Biógrafos apontam que eles foram apresentados no Royal Brompton Hospital, em 1995, quando ela já estava separada extraoficialmente do filho da rainha Elizabeth II.

De acordo com a revista norte-americana Esquire, assim como seu intérprete na produção, Khan também era paquistanês e, ao contrário dos holofotes midiáticos que acompanhavam Lady Di, o relacionamento de ambos foi mantido disfarçado, sem aparições em eventos e com encontros restritos as residências do casal.

Gradativamente próximos

Conforme a proximidade de ambos se intensificava, Khan chegou a conhecer os filhos dela, Williame Harry, e passava por diversas situações bizarras para se aventurar com a duquesa, a levando para experiências inéditas após anos reclusa na família real, como relatou o jornal britânico Daily Telegraph.

“Ele foi contrabandeado para dentro e para fora do Palácio de Kensington no porta-malas de um carro. Uma vez, ela usou uma longa peruca escura para poder ir com ele ao clube de jazz de Ronnie Scott no Soho”, registrou o veículo.

Paul Burrell, ex-mordomo de Diana, chegou a dizer várias vezes que ele era visto como a alma gêmea pela loira, chegando a ser apresentada aos pais do médico pessoalmente, no Paquistão, em viagem secreta. No entanto, a ausência de privacidade e necessidade de espaço fez com que, no verão de 1997, eles "dessem um tempo".

Foi nesse período que Diana conheceuDodi Al-Fayed, atribuído pela imprensa como affair seguinte da loira. Infelizmente, não foi possível sequer confirmar o relacionamento com o empresário, visto que, em agosto de 1997, ainda no verão do hemisfério norte, ambos faleceram em um trágico acidente de carro. Khan, por sua vez, casou-se em 2017, evitando entrevistas ou mais informações sobre o breve relacionamento.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!