Notícias » Brasil

Raiva humana pode ser a causa da morte de homem em MG

Último registro de óbito no estado por conta da doença é de 10 anos

Fabio Previdelli Publicado em 06/04/2022, às 14h15

hospital-1802680_1280.jpg
hospital-1802680_1280.jpg - Pixabay

A morte de um paciente em um hospital de Teófilo Otoni (MG), na última segunda-feira, 4, vem causando preocupação aos órgãos de saúde. Afinal, segundo a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), a causa do óbito pode ter sido por conta da raiva humana. O paciente morava em Bertópolis e havia sido transferido para a cidade para receber tratamento. 

Apesar das suspeitas, ainda não há uma confirmação laboral que esclareça o que está por trás da morte do sujeito, que não teve sua identidade e idade reveladas. A SES-MG informa que "amostras biológicas do paciente já foram coletadas e serão encaminhadas para os laboratórios de referência".

O órgão também aponta que já notificou o Ministério da Saúde sobre o caso e uma investigação está sendo feita no local de ocorrência da exposição com o intuito de manter uma “busca ativa de pessoas que tiveram contato com o caso suspeito e encaminhamento para atendimento médico profilático".

Conforme aponta o UOL, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais também já iniciou uma campanha de vacinação antirrábica em cães e gatos que vivem na região onde o paciente foi afetado. O último caso da doença no estado foi registrado em 2012, em um paciente que vivia no município de Rio Casca.