Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Matthew Perry

Relatório divulga causa da morte de Matthew Perry

O relatório de autópsia do ator Matthew Perry foi divulgado pelo jornal americano The New York Times na noite desta sexta-feira, 15

Redação Publicado em 16/12/2023, às 08h21

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Matthew Perry como 'Chandler' na sitcom 'Friends' - Divulgação/Warner Bros.
Matthew Perry como 'Chandler' na sitcom 'Friends' - Divulgação/Warner Bros.

No último dia 28 de outubro, o ator Matthew Perry, conhecido pelo seu papel como Chandler na sitcom ‘Friends’ (1994–2004), faleceu. Nesta sexta-feira, 15, um relatório foi divulgado com a causa de sua morte. No fatídico dia, Matthew foi encontrado inconsciente na hidromassagem de sua casa. 

Segundo o médico legista responsável pela autópsia do ator, efeitos um opioide chamado buprenorfina foram encontrados no corpo de Perry, levando ele a se afogar por acidente. Além disso, o relatório também apontou uma doença arterial coronariana como fator contribuinte para o falecimento. 

Terapias e medicamentos

Conforme repercutido pelo UOL, Matthew estava passando por “terapia de infusão de cetamina”, tendo realizado a última sessão menos de duas semanas antes de sua morte. Porém, a cetamina encontrada no corpo do ator teria sido consumida mais recentemente, pois a substância não é detectada no organismo com mais de três ou quatro horas após sua ingestão.

Recentemente, o analgésico cetamina começou a ser utilizado como uma terapia alternativa no tratamento de depressão e ansiedade. Porém, segundo o New York Times, a agência Food and Drug Administration (FDA) publicou um relatório em outubro apontando os perigos do tratamento e seus efeitos colaterais, que incluem transtornos psiquiátricos.

Erik Scott, capitão e porta-voz do Corpo de Bombeiros, afirmou que Matthew “havia falecido antes da chegada do socorrista”, acionado para atender a uma “emergência aquática”, e foi encontrado morto em sua própria casa. Os paramédicos tentaram ressuscitá-lo no local, mas quando viram que não era possível, declararam o óbito por “aparente afogamento”.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!