Notícias » Ucrânia

Risco de acidente nuclear? Saiba quais são as usinas ativas na Ucrânia

Atual diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica fez um alerta em recente entrevista

Redação Publicado em 09/03/2022, às 10h32

Imagem meramente ilustrativa
Imagem meramente ilustrativa - chriswanders, via Pixabay

Com o avanço das tropas de Putin na Ucrânia, muitos episódios têm gerado alarme ao redor do mundo.

Um deles foi a tomada de controle da usina nuclear de Zaporizhzhia, a maior da Europa, na última semana. 

Em entrevista à BBC, o atual diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica, Rafael Mariano Grossi, expressou receio quanto o risco de um acidente nuclear. 

Ao veículo, Grossi disse que 'existe um risco claro de acidente nuclear' em solo ucraniano. 

A Ucrânia é um país com uma rede nuclear muito importante. Tem 15 reatores nucleares, tem instalações como Chernobyl, que é simbólica e icônica, e tem muitas instalações de segurança, de lixo radioativo. Então, existe um risco claro de acidente nuclear", afirmou ele. 

No entanto, Chernobyl não é a única usina nuclear no país que agora vive a invasão liderada por Putin. 

Além de Zaporizhzhia e Chernobyl - essa desativada -, o país ainda conta com outras três usinas: Rivne (4 reatores), Khmeltniski (2 reatores) e uma no sul da Ucrânia (3 reatores).

Com 6 reatores em Zaporizhzhia, o país conta um total de 15 reatores em plantas ativas, conforme repercutido pela BBC.