Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Ucrânia

Russo planejam show de rock em cidade devastada pela Guerra, diz Ucrânia

Autoridades ucranianas dizem que russo planejam realizar evento em local onde centenas de combatentes morreram

Éric Moreira, sob supervisão de Fabio Previdelli Publicado em 02/08/2022, às 14h24

Complexo metalúrgico e siderúrgico de Azovstal, em Mariupol, na Ucrânia - Foto por Chad Nagle pelo Wikimedia Commons
Complexo metalúrgico e siderúrgico de Azovstal, em Mariupol, na Ucrânia - Foto por Chad Nagle pelo Wikimedia Commons

A Ucrânia denunciou nesta terça-feira, 2, uma movimentação russa na região de Mariupol, cidade ucraniana devastada pela invasão da Rússia ao território ucraniano. Como informado pela UOL, as acusações apontam que o país de Putin planeja organizar um show de rock na empresa siderúrgica de Azovstal, onde ocorreram conflitos entre as duas nações.

Os ucranianos, por sua vez, demonstraram grande desgosto com a ação da Rússia no complexo metalúrgico. A prefeitura da cidade de Mariupol criticou, no Telegram, a atitude do governo inimigo e afirmou que "eles continuam batendo recordes em seu cinismo".

Complexo siderúrgico de Azovstal enquanto ainda em funcionamento
Complexo siderúrgico de Azovstal enquanto ainda em funcionamento / Foto por Chad Nagle pelo Wikimedia Commons

"Os ocupantes russos planejam realizar um show de rock na siderúrgica Azovstal, onde centenas de combatentes ucranianos morreram para defender a cidade de Mariupol. Eles continuam batendo recordes em seu cinismo", disseram os responsáveis da prefeitura de Maiupol, como informado pela UOL.

O conselho da cidade ainda destacou, também, que os russos estariam apenas "tentando distrair os moradores de problemas reais com eventos e diversões", em tom crítico.

Eles não fornecem água ou aquecimento normais, mas realizam shows em uma cidade onde centenas de cadáveres ainda estão sob os escombros", concluem.

Controle de Azovstal

Em maio, cerca de três meses após a invasão russa ao território ucraniano — processo que se iniciou no dia 24 de fevereiro —, Segui Shoigu, ministro da defesa russo, anunciou que a operação na usina siderúrgica de Azovstal havia sido um sucesso. Segundo ele, na época, o local estaria totalmente sob as forças de Moscou.

O complexo metalúrgico era, até aquele momento, o último reduto na cidade de Mariupol a ser ocupado pelos russos, e viera a se tornar um símbolo da resistência ucraniana frente à dominação russa.


O site Aventuras na História está no Helo! Não fique de fora e siga agora mesmo para acessar os principais assuntos do momento e reportagens especiais. Clique aqui para seguir.