Notícias » Grécia

Seis jovens afegãos serão acusados por incêndio em Moira

Segundo autoridades gregas, os suspeitos não passam dos 20 anos e, além deles, outras 13 pessoas foram detidas

Pamela Malva Publicado em 16/09/2020, às 14h30

Incêndio em campo de refugiados na Grécia
Incêndio em campo de refugiados na Grécia - Divulgação/Twitter/Ernest Urtasun

No dia 09 de setembro, um devastador incêndio atingiu um campo de imigrantes em Moira, na ilha grega de Lesbos. Agora, uma semana depois da tragédia, seis jovens afegãos serão acusados de envolvimento no caso, nesta quarta-feira, 16.

Segundo autoridades gregas, dois dos suspeitos têm 17 anos de idade e foram detidos na Grécia, após serem transferidos em uma operação de evacuação de menores. Os outros quatro, que não têm mais de 20 anos, foram presos em uma operação policial.

Ainda nesta quarta-feira, segundo os oficiais do país, mais 13 imigrantes foram presos por suposta participação no incêndio. Destes, apenas três continuam detidos e devem prestar mais depoimentos para as autoridades, segundo a agência AFP.

Antes da devastação, o campo de Moira era ocupado por cerca de 12 mil refugiados. Sem ter para onde ir, um total de 1,2 mil imigrantes foram realocados para um campo provisório criado pelo governo grego, que tem capacidade de abrigar 9 mil pessoas.