Notícias » EUA

Sobre violência no Capitólio, Trump declara que se sente 'chocado e triste'

O presidente dos EUA pediu uma transição de governo segura e declarou que é totalmente contra a violência

Giovanna Gomes Publicado em 14/01/2021, às 09h29

Donald Trump
Donald Trump - Wikimedia Commons

Na última quarta-feira, 13, foi divulgado um vídeo no qual Donald Trump afirma ter ficado “chocado e triste com a calamidade no Capitólio”. Após inúmeros episódios conturbados, ele pede que exista uma transição de governo segura nos EUA. As informações são do G1.

“Quero ser bem claro: eu inequivocadamente condeno a violência que vimos semana passada. Violência e vandalismo não têm lugar em nosso país. E nenhum lugar em nosso movimento… a violência em bando vai contra tudo que eu acredito e tudo que nosso movimento representa”, declarou.

“Nenhum verdadeiro apoiador meu poderia desrespeitar a força da lei, nenhum deles poderia ameaçar ou intimidar outro americano”, acrescenta o presidente. Segundo ele, as pessoas que participaram da invasão ao Capitólio deverão ser responsabilizadas judicialmente.

“Todo americano merece ter sua voz ouvida de uma maneira respeitosa e pacífica. Este é seu direito da Primeira Emenda. Mas devo enfatizar que não pode haver violência, nenhum desrespeito às leis e nenhum vandalismo. Todos devem seguir nossas leis e seguir as instruções das forças policiais", disse Trump, que afirmou ter ordenado que as agências federais utilizassem todos os recursos necessários para manter a ordem.

Sobre Donald Trump

Donald Trump nasceu e cresceu no Queens, entre seus quatro irmãos. Seu pai, Fred, é descendente de imigrantes alemães, enquanto sua mãe, Mary Anne, migrou da Escócia em 1930. Na faculdade, recebeu o diploma de bacharelado em economia, pela Wharton University of Pennsylvania, em 1968.

Aos 25 anos, recebeu a empresa de imóveis e construção de seu pai. À frente da Trump Organization, Donald recebeu o título de magnata. Em 2015, anunciou sua nomeação para a presidência dos EUA pelo Partido Republicano.

Durante sua campanha, Trump usou de discursos de cunho populista e anti-imigração, sempre lembrando seu lema: “Make America great again”. Em 2016, o republicano derrotou a democrata HillaryClinton e se tornou o 45º Presidente dos Estados Unidos. Aos 70 anos, ele foi a pessoa mais velha a assumir o cargo.