Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / São Paulo

Suspeito de fornecer drogas na Cracolândia há 20 anos é preso em SP

O homem é apontado como gerente financeiro do PCC na região

Redação Publicado em 29/06/2022, às 19h41

Homem conhecido como "Deco" fornecia drogas há duas décadas para a Cracolândia - Divulgação / Polícia Civil de SP
Homem conhecido como "Deco" fornecia drogas há duas décadas para a Cracolândia - Divulgação / Polícia Civil de SP

Um homem foi preso pela Polícia Civil de São Paulo, suspeito de fornecer e traficar drogas há cerca de 20 anos na Cracolândia. A prisão aconteceu na última terça-feira, 28, mas o caso foi divulgado somente nesta quarta-feira, 29.

Segundo a 1ª Delegacia Seccional Centro, Adilson Gomes da Silva, o Deco, 42, era apontado também como o gerente financeiro da facção criminosa que possui o controle da venda de drogas na área.

O delegado seccional Roberto Monteiro disse que “Deco é conhecido há mais de 2 décadas como gestor e responsável financeiro da organização criminosa na Praça Júlio Prestes, conhecida como praça do cachimbo”. E ainda acrescentou: "Ele é um dos membros do PCC [Primeiro Comando da Capital] na Cracolândia. Só o grupo dele arrecadava mais de R$ 200 milhões por ano para a facção com o tráfico no local”.

O homem foi detido na casa em que mora, em Santa Cecília, bairro do centro da capital. Ele negou aos policiais, quando foi preso, a acusação de que seja traficante e disse ser empresário, já que é dono de um estacionamento de carros. Depois que a Justiça paulista decretou a prisão temporária dele e de sua esposa, a polícia entrou em ação.

Caso em dose dupla

Deco e a esposa estavam sendo investigados há seis meses e a prisão deles foi um dos desdobramentos da Operação Caronte. A ação teve início em 2021 e visa o fim do tráfico de drogas na Cracolândia. O casal foi levado ao 77° Distrito Policial (DP), em Santa Cecília, em que seria indicado por tráfico de drogas e organização criminosa, segundo o G1.

"Ontem [terça] foi preso um dos grandes traficantes, não é aqueles que ficam lá no local, na cena de uso, é um dos financiadores da Cracolândia, então a Operação Caronte é um grande sucesso", relatou o prefeito Ricardo Nunes (MDB) à imprensa, nesta quarta-feira.

A ação da polícia foi criticada por alguns movimentos sociais, pois ativistas acusam as forças de segurança envolvidas, a Polícia Militar (PM) e a Guarda Civil Metropolitana (GCM), de agirem com violência contra os usuários de drogas.