Notícias » Arqueologia

Terceiro esqueleto de “dama do Império Parta” é descoberto no Irã

A descoberta faz parte de uma sequência de restos mortais do mesmo período encontrados em um sítio arqueológico importante

Isabela Barreiros Publicado em 08/09/2020, às 17h15

Terceiro esqueleto encontrado em Tepe Ashraf, Irã
Terceiro esqueleto encontrado em Tepe Ashraf, Irã - Divulgação/Alireza Jafari-Zand

Essa já é a terceira vez que pesquisadores se deparam com esqueletos que pertencem ao período do Império Parta no Irã, que governou durante a Antiguidade Clássica, entre os anos de 247 a.C. e 224 d.C.

Em agosto, arqueólogos encontraram, no antigo sítio arqueológico de Tepe Ashraf, na cidade de Isfahan, no Irã, restos mortais de uma adolescente parta. Em julho, eles descobriram uma mulher que também viveu no mesmo período, o que fez com que os especialistas acreditassem que o local era um cemitério.

“Bem ao lado do cemitério do segundo esqueleto que [tínhamos anteriormente] encontrado em Tepe Ashraf, encontramos outro esqueleto que era apenas sua cabeça era evidente e cavamos abaixo da calçada [moderna] para desenterrar o corpo [inteiro]”, explicou o líder das escavações, Alireza Jafari-Zand. 

Agora, na terceira descoberta, porém, o trabalho está chegando ao fim. E isso não acontece devido a falta de possibilidades no sítio arqueológico, mas sim por falta de interesse das autoridades em manter as escavações.

“Estamos chegando ao fim da sétima temporada arqueológica [em Tepe Ashraf] e os esqueletos [até agora] encontrados serão transferidos para uma sala no Museu de Artes Decorativas de Isfahan. Claro, é uma pena que não haja nenhum museu dedicado a esses valiosos monumentos antigos em Isfahan”, disse Jafari-Zand.