Notícias » Itália

Turista francês é multado em mais de 6 mil reais após roubar areia na Itália

As areias das praias da Ilha de Sardenha, ao sul da Itália, são protegidas por lei devido à sua exuberância

Caio Tortamano Publicado em 14/09/2020, às 17h00

Garrafas repletas de areia apreendidas pela polícia
Garrafas repletas de areia apreendidas pela polícia - Divulgação - Corpo Forestale

Depois de ter realizado uma ação aparentemente inocente, um turista francês pagou uma multa com valor equivalente a mais de 6 mil reais depois de ter tentado levar areia de uma praia na Sardenha, Itália, em sua mala de viagem. A areia das praias na ilha ao sul da Itália são protegidas por lei.

Em uma garrafa, o homem — que não foi identificado — colocou dois quilos do item protegido, sendo flagrado pela polícia depois de uma revista no aeroporto de Cagliari. As multas para os infratores, que são muitos em épocas que o turismo é mais presente, variam de 500 a 3 mil euros (margem que equivale de 3 mil a 18 mil reais).

Um representante dos parques de reserva da ilha contou à CNN que: “A garrafa foi confiscada e está agora em nossa sala de operação onde guardamos esses itens apreendidos. No final do ano costumamos ter muitas garrafas de areia acumuladas".

A lei que proíbe a retirada da areia foi criada em 2017, para diminuir o constante roubo nas praias locais, que chamam a atenção pela exuberância: variam de tons dependendo do trecho que se encontram, podendo ser rosadas, avermelhadas ou bem brancas.