Notícias » Arqueologia

Vestígios da Ilha do Ouro pode ter sido descobertos por pescadores na Indonésia

Peças de ouro, moedas e estátuas budistas foram encontradas em ilha na Indonésia

Isabela Barreiros Publicado em 26/10/2021, às 10h04

Rio Musi, na ilha de Sumatra, onde foi feita a descoberta
Rio Musi, na ilha de Sumatra, onde foi feita a descoberta - Divulgação/Youtube/The Lost History Channel TKTC

Artefatos antigos foram encontrados por pescadores que faziam mergulhos noturnos no rio Musi, próximo a Palembang, na ilha de Sumatra, na Indonésia. Para o arqueólogo marítimo britânico Sean Kingsley, estas são evidências da 'Ilha do Ouro'.

O lendário reino, também conhecido como Srivijaya, era extremamente poderoso no passado e possuía enorme riqueza. No entanto, como consta nos registros históricos sobre a região, desapareceu no século 4.

Os mergulhadores encontraram peças de ouro, moedas de períodos históricos diferentes, estátuas budistas feitas de pedra com pedras preciosas cravejadas e outros objetos impressionantes no local. 

Ao jornal britânico The Guardian, Kingsley afirmou que a descoberta feita recentemente se apresenta como evidência de que o reino se tornou um “mundo aquático”, assim como dizem os textos antigos. 

“Quando a civilização chegou a fim, suas casas de madeira, palácios e templos afundaram junto com todos seus bens", explicou o arqueólogo, que ressalta que ainda não se sabe o motivo que pode ter levado a cidade para baixo d’água.

O pesquisador espera que os objetos encontrados possam ajudar nessa dúvida. No entanto, como as escavações que os recuperaram não eram oficiais, os itens começaram a ser vendidos no mercado de antiguidades sem antes serem analisados.

"Eles estão perdidos para o mundo", lamentou Kingsley. "Vastas áreas, incluindo uma impressionante estátua budista em tamanho natural adornada com pedras preciosas, foram perdidas para o mercado internacional de antiguidades. Recentemente descoberta, a história da ascensão e queda de Srivijaya está morrendo de novo sem ser contada".

O estudo sobre os artefatos de Srivijayan faz parte da última edição da revista Wreckwatch, editada pelo arqueólogo. 

Veja os itens descobertos neste vídeo: