Notícias » Rússia

Vídeo de explosão da bomba nuclear mais potente da história é divulgado pela Rússia

A Tsar-bomba foi acionada em 1961 pela antiga União Soviética. As imagens da destruição, até então ultrassecretas, foram publicadas pela primeira vez

Giovanna de Matteo Publicado em 27/08/2020, às 08h22

Foto da nuvem de cogumelo causada pela explosão da Tsar-bomba
Foto da nuvem de cogumelo causada pela explosão da Tsar-bomba - Wikimedia Commons

Na última quinta-feira, 20, foram publicadas imagens e vídeos da explosão da maior bomba nuclear de todos os tempos. A Rússia liberou os arquivos, até então confidenciais, do teste feito pela antiga URSS em outubro de 1961 no arquipélago de Novaya Zemlya, no Círculo Ártico, com a chamada Tsar-Bomba.

A bomba soviética detinha de uma energia equivalente a cerca de 57 milhões de toneladas de TNT, e era 3,3 mil vezes mais destrutiva que as bombas jogadas nas cidades de Hiroshima e Nagasaki, no Japão, no fim da Segunda Guerra Mundial. Ela foi desenvolvida entre as décadas de 1950 e 1960, durante a corrida armamentista entre os EUA e a União Soviética, uma das características que marcaram a Guerra Fria

Segundo a BBC, a bomba de hidrogênio explodiu a 4 mil metros acima do solo, e a nuvem de cogumelo, formada após a explosão, atingiu 64 quilômetros de altura.

A Rosatom, Agência Russa de Energia Atômica, lançou ao público 40 minutos de filmagens inéditas do teste. O vídeo contém uma longa propaganda do programa nuclear soviético, as preparações para a detonação, as imagens da nuvem de fumaça e o estrago causado pela detonação.

Assista abaixo o vídeo divulgado pela Rússia: