Notícias » Ucrânia

Vítimas são enterradas em valas comuns em cidade ucraniana

Os constantes ataques russos impossibilitam que as famílias enterrem seus mortos de maneira adequada em Mariupol, no sul da Ucrânia

Redação Publicado em 10/03/2022, às 08h54

Cidade de Mariupol, na Ucrânia, após bombardeio russo
Cidade de Mariupol, na Ucrânia, após bombardeio russo - Divulgação/Vídeo/DailyMail

Mortos da guerra da Ucrânia estão sendo enterrados em valas comuns na cidade de Mariupol, no sul do país, onde os constantes bombardeiros do governo russo de Vladimir Putin impossibilitam que as famílias e amigos enterrem seus entes queridos de maneira adequada.

A situação chocante foi registrada pelo fotógrafo ucraniano Mstislav Chernov, que está capturando momentos trágicos do conflito entre as duas nações e compartilhando muitos desses cliques em seu perfil no Instagram.

"Covas coletivas em Mariupol, pois as pessoas não podem enterrar seus mortos sob pesados bombardeios", escreveu o fotógrafo na legenda da foto na rede social.

Como reportou o UOL, a cidade de Mariupol vem sendo alvo de ataques russos nos últimos dias enquanto civis não conseguem sair da região, ainda que exista um acordo de cessar-fogo.

À agência de notícias ucraniana UNIAN, Petro Andryushchenko, assessor do prefeito de Mariupol, afirmou que cerca de 1,3 mil pessoas morreram na cidade em decorrência do conflito, com os bombardeiros russos.

"A situação durante a noite foi de bombardeios na área de Cheremushek, do distrito de Primorsky, e na área de Port City. Além disso, os soldados começaram a usar ativamente o bombardeio aéreo. O objetivo de destruição completa da cidade não está mais escondido", declarou.