Notícias » China

Vitória de Chloé Zhao no Oscar é censurada na China

A chinesa recebeu os prêmios de melhor filme e melhor direção no último domingo, 25

Giovanna Gomes, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 26/04/2021, às 14h04

Chloe Zhao recebeu dois prêmios durante a cerimônia
Chloe Zhao recebeu dois prêmios durante a cerimônia - Getty Images

A diretora de cinemaChloé Zhao fez história no último domingo, 25, ao receber o Oscar de melhor filme e melhor direção por seu filme "Nomadland". No entanto, a chinesa que foi a primeira asiática a receber o prêmio não teve sua vitória reconhecida na imprensa da China, nem mesmo nas redes sociais.

Segundo o G1, o que aconteceu foi que todas as publicações que citavam o nome da cineasta e sua mais nova produção desapareceram da rede social Weibo ao meio-dia desta segunda-feira, 25.

A imprensa chinesa, ao não comentar sobre o fato, ignorou enorme sucesso do filme de Zhao, o qual foi o grande ganhador da noite e ainda contou com o prêmio de melhor atriz, com Frances McDormand.

No entanto, nem sempre a mídia chinesa se posicionou dessa maneira. De início, a imprensa estatal divulgou o sucesso da diretora, mas tudo mudou após nacionalistas resgatarem entrevistas nas quais Zhao criticava a política do país.

Na cerimônia do Oscar, a cineasta lembrou de sua origem chinesa: "Tenho pensado muito ultimamente sobre como continuo a seguir quando as coisas ficam difíceis. Quando eu era criança na China, meu pai e eu costumávamos memorizar textos e poemas clássicos chineses e recitar juntos".

"Eu me lembro de um chamado 'The Three Character Classic', e ele dizia: 'As pessoas, ao nascer, são boas'. Essas palavras tinham muito impacto quando eu era criança, e ainda acredito nelas", disse ela.

"Sempre achei bondade nas pessoas que conheci — em todos os lugares do mundo. Esse Oscar é para qualquer pessoa que tem a coragem de se manter boa e ver o que há de bom nos outros".