Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Matérias / Personagem

A vida dupla do homem que 'se transformou' em cachorro

Conhecido apenas como Toko, o japonês é humano em público, e cachorro na privacidade de sua casa

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 18/06/2022, às 12h00 - Atualizado às 23h03

Homem que se "transformou" em cachorro no Japão - Divulgação/ Zeppet
Homem que se "transformou" em cachorro no Japão - Divulgação/ Zeppet

Recentemente, o Japão, e, eventualmente, o mundo, foram surpresos pela curiosa história de um homem que encomendou uma fantasia hiper-realista de cachorro para "realizar seu sonho". 

O caso foi originalmente divulgado através do Twitter no último mês de abril, primeiro através de uma publicação da Zeppet, empresa de esculturas e figurinos que costuma ter seus serviços usados por produções comerciais, como filmes e peças publicitárias. 

Em seguida, o anúncio de que eles haviam criado uma fantasia de border collie foi compartilhado por um japonês conhecido somente como Toco, que afirmou ter sido o responsável pela encomenda, e postou um curto vídeo vestido como cachorro que rapidamente viralizou. 

Realismo

Um dos aspectos chamativos do caso é a qualidade da roupa, que usa pele sintética e demorou 40 dias para ser feita. O trabalho custou nada menos que 2 milhões de ienes, ou o equivalente a 75 mil reais na cotação atual. 

Conforme informações repercutidas pelo The Independent, os funcionários da Zeppet utilizaram, como modelo, uma série de fotos de border collies reais em ângulos variados a fim de reproduzir sua pelagem e conseguir um resultado mais natural. 

Um dos maiores desafios da confecção, todavia, foi esconder a forma de um humano dentro de uma fantasia de cachorro: 

"A anatomia canina é muito diferente da humana, então tivemos que ser engenhosos (...) melhoramos a maciez do casaco para esconder a casca da fantasia o máximo possível e fizemos a boca abrir e fechar sozinha", relatou um profissional da empresa. 

Um sonho incomum

Fotografia da roupa de border collie / Crédito: Divulgação/ Zeppet

A parte mais curiosa da história, todavia, é sem dúvida a figura de Toco, o homem japonês que é agora proprietário da roupa, e posta vídeos em seu canal do Youtube documentando sua experiência canina. 

"Graças a vocês [a Zeppet], eu fui capaz de satisfazer meu sonho de me tornar um animal!", afirmou ele naquele primeiro tuíte de abril, que viralizou e até a publicação desta matéria já contava com mais de 56 mil curtidas. 

No início desta semana, o homem postou em seu canal, que possui 7,29 mil inscritos, um vídeo em que responde as perguntas mais frequentes recebidas por ele, e esclarece assim as principais curiosidades que suas excêntricas decisões de vida despertaram através da internet. 

Eu tive o sonho vago de me tornar um animal desde que era uma criança. Será que pode ser chamado de um desejo de mudar? Quando eu satisfiz esse sonho, é assim que foi", relatou Toco.

O japonês explicou que gosta de todos os animais quadrúpedes, particularmente aqueles que são fofos. O motivo por trás da escolha específica do border collie, por sua vez, é que, além de seu grande porte ter permitido uma fantasia realista grande o suficiente para cobrir um humano, a raça é a favorita do homem. 

De forma inusitada, Toco também afirmou na gravação que foi surpreendido pelo quanto sua história chamou atenção. 

Eu não esperava que isso fosse acontecer. Como isso tudo pode ter vindo de uma publicação bem-humorada minha no Twitter? Você nunca sabe o que a vida reserva para você", apontou. 

Ele compartilhou ainda quais são os cinco países principais de onde vem as visualizações de seu canal, composto até então de menos de dez vídeos: Índia, Colômbia, Brasil, Estados Unidos e México. O país natal de Toco, por sua vez, não o está assistindo tanto assim, uma vez que o Japão ocupa a 16ª posição nesta lista. 

Trecho de vídeo postado por Toco / Crédito: Divulgação/ Youtube/ 動物になりたい(I want to be an animal)

Outro detalhe de relevância a respeito da trajetória do japonês é que ele ainda não saiu na rua vestindo sua fantasia, citando a falta de coragem como motivo para tanto. 

A verdade é que ele apenas revelou essa mudança em sua vida para pessoas muito próximas.

"Por exemplo, se eu contasse para as pessoas com quem eu trabalho que eu queria ser um animal e me tornei um collie, eles iriam me olhar esquisito, né? Eu sinto um pouco de complexo de inferioridade em relação a isso, então raramente falo a respeito disso com outros", desabafou. 

No vídeo citado, Toco chegou a pedir que, caso alguém o reconhecesse, não compartilhasse a informação com outros conhecidos dele, mostrando o quão forte é a separação que ele deseja manter entre sua vida como humano, e sua vida animal.

Por enquanto, o japonês vive um regime de identidade dupla, e é apenas na companhia de amigos próximos ou na internet que encontra um local seguro para expressar suas experiências como border collie. De forma contraditória, aquilo que é um segredo para seus conhecidos, é compartilhado com milhões de usuários na internet. 

Confira abaixo um vídeo que divertiu internautas recentemente ao mostrar Toco com dificuldades de subir em seu sofá enquanto estava vestido de cachorro: