Matérias » Brasil

Há 20 anos, 'Cidade de Deus' era lançado e aclamado mundialmente

Com qualidade artística e estética reconhecida até pela Academia do Oscar, o filme é um marco do cinema brasileiro

Wallacy Ferrari Publicado em 26/01/2022, às 16h28

Poster do filme 'Cidade de Deus'
Poster do filme 'Cidade de Deus' - Divulgação / O2 Filmes

No ano de 2002, uma das obras protagonizava o período culturalmente conhecido como "cinema de retomada do Brasil", onde o estímulo governamental a produção cinematográfica nacional voltava a emergir.

Rodada em nove semanas entre junho e agosto de 2001 e editada durante cinco meses, o filme 'Cidade de Deus' conseguiu um feito raro entre os filmes brasileiros promovidos comercialmente: ser aclamado pelo público e também pela crítica.

Com uma oficina de atores contando com mais de 400 atores selecionados a dedo pelo diretor Fernando Meirelles para preparação de papeis, o enredo inovava não apenas pela história cativante, mas também pela edição inovadora, que se intensifica ao longo da trama, contando com a edição do jovem Daniel Rezende, que até então nunca havia trabalhado no cinema.

Com todos estes elementos únicos, o filme estreava nas salas de cinema brasileiras em 30 de agosto de 2002 e, em pouco tempo, se tornaria uma referência; retratando a vida em uma favela no Rio de Janeiro dos anos 1960, o orçamento de R$ 8 milhões ficou pequeno quando a arrecadação do filme chegou a US$ 30,6 milhões (aproximadamente R$ 102,2 milhões com o dólar cotado em R$ 3,34 na época, como informa a CNN Brasil).

Cena histórica de 'Cidade de Deus' / Crédito: Divulgação / O2 Filmes

Ultrapassando o Brasil

Após a recepção nacional, a distribuição internacional ficou a cargo da Miramax, que não apenas amplificou a obra, como a inscreveu nos principais festivais e premiações do mundo, sendo indicado em quatro categorias principais no Oscar – Melhor Direção, Roteiro Adaptado, Edição e Fotografia.

A possível vitória brasileira na premiação não ocorreu, mas não impediu de ser elogiado e premiado por outros grandes eventos; apenas como "Melhor Filme em Língua Estangeira", 'Cidade de Deus' levou seis troféus, incluindo no Prism e Satellite Awards e também sendo indicado ao Globo de Ouro.

Na cultura brasileira, não apenas atraiu os olhos do mundo, mas junto ao filme 'Tropa de Elite', lançado cinco anos depois, chamou atenção as comunidades fluminenses e inaugurou um parâmetro de turismo no Rio de Janeiro, hoje chamado de "reality tour" em favelas, com turistas do mundo inteiro conhecendo uma versão real da retratação fiel que só o filme foi capaz de prover.