Matérias » Curiosidades

Manicômio mais antigo da Inglaterra é transformado em hotel de luxo

Conhecido como uma prisão pelo público, o Broadmoor Hospital está a venda por 250 milhões de libras

Daniela Bazi Publicado em 14/01/2020, às 14h16

Broadmoor Hospital
Broadmoor Hospital - Getty Images

O Broadmoor Hospital é o mais antigo dos três hospitais psiquiátricos de alta segurança da Inglaterra. É reconhecido pelo povo como uma prisão devido os muros altos e a seus visíveis recursos de segurança, sendo a maioria de seus pacientes enviados da justiça criminal.

Com grande parte de sua arquitetura sendo da Era Vitoriana, relatórios de longa data que mostram a inadequação de Broadmoor para tratar de terapia e segurança, uma permissão foi concedida em 2012 para que o hospital fosse reconstruído com o valor de 242 milhões de libras.

Pacientes masculinos do Broadmoor Hospital em 1867 / Créditos: Getty Images

 

A reforma contou com uma nova unidade contendo 10 enfermarias e 162 novos leitos. Segundo um relato da empresa responsável pela obra em 2013, foi necessário uma soma de 115 milhões de libras para cobrir os gastos das novas camas. O hospital ficou pronto no início de 2017, e só recebe pacientes do sexo masculino.

Nos dias de hoje o prédio pertence ao West London NHS Trust, e está a venda pelo valor de 250 milhões de libras. As propostas para a construção variam de hoteis de luxo a casas de repouso. 


+Saiba mais sobre manicômios com as obras abaixo:

Diário do Hospício & O Cemitério dos Vivos, de Lima Barreto (2017) - https://amzn.to/2Sn7LmG

Holocausto Brasileiro, de Daniela Arbex (2013) - https://amzn.to/2SkVjnh

Hospício é Deus e o Sofredor do Ver, de Maura Lopes Cançado (2018) - https://amzn.to/2sf9DDa

Primeiras estórias, de João Guimarães Rosa (2019) - https://amzn.to/2PPQGjm

O dom de ver atrás do morro : o trabalho de agentes penitenciários em um manicômio judiciário, de Rodrigo Padrini Monteiro (2019) - https://amzn.to/35RQ7eF

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.