Matérias » Personagem

O outro Escobar: Carrillo Fuentes, o traficante que morreu tentando mudar a aparência

Responsável pelo Cartel de Juarez, acredita-se que Carrillo Fuentes possa ter gerado mais de 25 bilhões de dólares em receita ao longo de sua carreira

Fabio Previdelli Publicado em 31/08/2020, às 18h07

Foto de Amado Carrillo Fuentes, O Senhor dos Céus
Foto de Amado Carrillo Fuentes, O Senhor dos Céus - Wikimedia Commons

A história do narcotráfico no México pode ser marcada com o antes e depois de Miguel Ángel Félix Gallardo, conhecido como o “chefe dos chefes”. Afinal, foi ele quem impulsionou a primeira organização que produzia e levava, em larga escala, maconha do México para os Estados Unidos. 

Com esse esquema já estabelecido, Gallardo quis incluir a cocaína nessa jogada e contatou Pablo Escobar, líder do Cartel de Medelín, para isso. Porém, com a morte de Escobar, um homem apelidado de “Senhor do Céus” conseguiu espaço no mercado, se juntando a “El Chapo” Guzmán, Beltrán Leyva e Héctor Palma. 

Mas quem foi esse homem? 

Filho de Walter Vicente Carrillo Vega e Aurora Fuentes Amado Carrillo Fuentes nasceu em Guamuchilito, em Sinaloa no México, onde foi criado junto de seus doze irmãos. Sobrinho de Ernesto Fonseca Carrillo, também conhecido como "Don Neto", líder do Cartel de Guadalajara, Amado começou no mundo das drogas sob a tutela de seu tio. Mais tarde ele trouxe seus irmãos e, eventualmente, seu filho Vicente José Carrillo Leyva para os negócios. 

Inicialmente, seu papel no Cartel de Guadalajara era supervisionar os embarques de cocaína, que aconteciam na cidade de Chiuhuahua, e também aprender sobre as operações de fronteira que eram comandadas por Pablo Acosta Villarreal, el Zorro de Ojinaga, e Rafael Aguilar Guajardo. 

Durante sua gestão, Carrillo construiu um império multibilionário das drogas — acredita-se que ele possa ter gerado mais de 25 bilhões de dólares em receita ao longo de sua carreira como traficante.  

Em 1993, Aguilar Guajardo acabou sendo traído e assassinado por Amado, que se tornou o líder do cartel de Juarez. Foi justamente nessa época que ele começou a trabalhar junto a Félix Gallardo. O apelido de Carrillo, El Señor de Los Cielos (O senhor dos céus) se dá por sua frota de aeronaves Saberliner, Learjet e Cessna. 

A caçada 

Mas isso também significou que as buscas das autoridades, tanto mexicanas quanto americanas, começariam buscas que se intensificaram contra ele, principalmente depois que o estado de Morelos começou a receber marchas silenciosas contra o governador Jorge Carrillo Olea e sua suposta complacência com a violência relacionada às drogas. 

Carrillo Fuentes era dono de uma casa a três quarteirões da residência oficial do governador e organizava regularmente narco-fiestas por lá. Assim, Olea foi forçado a renunciar e acabou sendo preso. 

Muitos acreditam que esse tipo de pressão possa ter convencido Carrillo Fuentes a se submeter a uma cirurgia plástica facial e a lipoaspiração abdominal para mudar sua aparência — o que, de fato, ocorreu em 4 de julho de 1997, no Hospital Santa Mónica, na Cidade do México.  

De acordo com a BBC, durante a operação, ele acabou falecendo, aos 40 anos. Apesar de haver poucas informações oficiais sobre sua morte, as hipóteses mais plausíveis são a de que seu corpo reagiu a determinados medicamentos ou que ele teve complicações pelo mau funcionamento do respirador médico. 

Em 7 de novembro, os dois médicos que realizaram a cirurgia no narcotraficante foram encontrados mortos com os corpos cimentados em concreto dentro de tambores de aço. Seus corpos apresentavam sinais de tortura. 

Posteriormente, Amado Carrillo recebeu um funeral grande, luxuoso e caro em Guamuchilito, Sinaloa, sua cidade natal. E, em 2006, governador Eduardo Bours pediu ao governo federal que demolisse a mansão de Carrillo em Hermosillo.


+Saiba mais sobre Pablo Escobar por meio de grandes obras abaixo disponíveis na Amazon:

Sra. Escobar: Minha vida com Pablo, Victoria Eugenia Henao (2019) - https://amzn.to/3dlc75A

Amando Pablo, odiando Escobar, de Virginia Vallejo (2017) - https://amzn.to/37VEWlK

Minha Vida com Pablo Escobar, Jhon Jairo Velásquez e Maritza Neila Wills Fontecha (2017) - https://amzn.to/2tgBgvK

Pablo Escobar: meu pai, Juan Pablo Escobar (2015) - https://amzn.to/2QeEaKk

Pablo Escobar: O Narcotraficante: A história por trás do homem que matou mais de 5 mil pessoas (Mentes Criminosas Livro 1)- https://amzn.to/36bejsA

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W