Matérias » Personagem

O que aconteceu com Jim Hutton, o grande amor de Freddie Mercury

Foram sete anos que eles viveram juntos, e não foi fácil para Hutton esquecer esse romance

Ingredi Brunato Publicado em 07/08/2020, às 08h00

Foto presente na capa do livro Mercury and Me, de Jim Hutton.
Foto presente na capa do livro Mercury and Me, de Jim Hutton. - Divulgação/Amazon

Jim Hutton conheceu Freddie Mercury em um clube gay londrino chamado Heaven, e embora o astro já tenha mostrado interesse desde então, Hutton estava envolvido com outra pessoa na época e acabou não correspondendo. Foi apenas um ano e meio depois que eles se reencontraram e a parceria ganhou vida. 

Os dois viveram juntos desde meados dos anos 80 até a morte do cantor, em 1991. Jim Hutton não gostava de se envolver no mundo da fama, e quando estava com Freddie, o casal tinha uma vida normal. “Eu chegava do trabalho. Nós deitávamos juntos no sofá. Ele massageava meus pés e perguntava sobre o meu dia”, revelou.

Como o casamento gay era proibido no Reino Unido nessa época, o casal nunca teve a chance de formalizar a união, no entanto, segundo a Central da Irlanda ambos usavam anéis de compromisso.

Hutton não se incomodava pelo fato de Mercury manter sua sexualidade como algo particular, consciente de que essa revelação poderia afetar a vida profissional dele: “Nós dois pensávamos no nosso relacionamento, no nosso ‘ser gay’, como sendo apenas da nossa conta.” 

A má notícia 

Mercury contou a Hutton sobre o diagnóstico de Aids quando o segundo voltava de uma viagem de família. Segundo Jim contou em entrevista ao The Big Breakfast, sua primeira reação foi de incredulidade. 

A estrela do rock disse que entenderia se o parceiro o deixasse, porém Jim Hutton negou categoricamente, dizendo: “Não seja estúpido. Eu não vou a lugar nenhum.” 

Segundo o livro de memórias que escreveu mais tarde, Hutton manteve seu emprego na época como forma de se manter ocupado, para não ‘enlouquecer’ pensando o tempo todo no diagnóstico de Freddie. “Eu nunca realmente aceitei de verdade, até as duas últimas semanas, quando ele estava morrendo.”, admite ainda. 

Vida após Mercury 

Em 1994, três anos depois da morte de seu amado, Jim lançou o livro “Mercury and Me: An Intimate Memoir by the Man Freddie Loved”, onde conta sobre sua vida com o cantor. Ainda segundo sua entrevista para o The Big Breakfast, Hutton contou que escrever o livro foi terapêutico para ele. 

Depois da morte de Mercury, ele voltou para sua cidade natal, Carlow, na Irlanda, onde construiu uma casa com o dinheiro deixado pelo astro, uma herança que foi estimada em 600,000 dólares. Assim como Freddie, ele também foi diagnosticado como portador de HIV.

O que terminou matando Jim Hutton foi um câncer de pulmão decorrente de seus hábitos como fumante. Ele faleceu no dia primeiro de janeiro de 2010, após uma longa batalha contra a doença, apenas três dias antes de seu aniversário de 61 anos. 

Homenagem 

O Queen publicou uma nota oficial após a partida de Hutton, lamentando sua morte e falando sobre seu relacionamento com o cantor Freddie Mercury. 

“Jim era uma alma calma e gentil, impressionado e pouco animado com as maquinações da fama, rock and roll, e do Queen, e que assim proporcionou ao Freddie uma visão agradável e diferente da vida”, publicou a banda. 

Eles ainda completaram dizendo que a dedicação de Jim à jardinagem e reprodução de carpas deram a Freddie muito prazer em sua lagoa no Garden Lodge, mansão onde o casal viveu juntos. 


+Saiba mais sobre Freddie Mercury por meio de grandes obras disponíveis na Amazon: 

Freddie Mercury: A biografia definitiva, de Lesley-Ann Jones (2013) - https://amzn.to/33UghvO

Freddie Mercury - A Reportagem Definitiva: a trajetória lendária e a vida louca do astro do Queen, que viveu mil anos em dez, de Ana d'Angelo (2019) - https://amzn.to/31BQQxr

Bohemian Rhapsody (DVD) - https://amzn.to/2MG99xb

Freddie Mercury A to Z: The Life of an Icon from Mary Austin to Zanzibar, de Steve Wide (2019), - https://amzn.to/2MIGvvH

Freddie Mercury: A Life, In His Own Words (Edição Inglês), de Freddie Mercury, Greg Brooks e Simon Lupton (2019)  - https://amzn.to/2BztSMU

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W