Matérias » Personagem

Paixão, luxúria e traição: o relacionamento adúltero entre Spencer Tracy e Katharine Hepburn

Mesmo casado com Louise Treadwell, o ator de Hollywood viveu uma relação de 30 anos com a atriz vencedora do Oscar

Pamela Malva Publicado em 29/04/2020, às 08h00

Spencer Tracy e Katharine Hepburn em cena de filme
Spencer Tracy e Katharine Hepburn em cena de filme - Wikimedia Commons

Quando se casou com o famoso Spencer Tracy, em 1923, a aspirante a atriz Louise Treadwell imaginava estar em um verdadeiro conto de fadas. Gentil, católico e bem sucedido, o ator de Hollywood era o melhor dos pretendentes.

Na cabeça da jovem, nada poderia dar errado. A carreira de seu marido decolava conforme os anos e o amor entre os dois era avassalador. Spencer, no entanto, não sabia interpretar o papel de esposo fiel que Louise esperava dele.

Apesar de religioso e bastante carinhoso com a esposa, o ator guardava uma enorme lista de amantes e, entre elas, encontrou uma relação estável. Em Katharine Hepburn, uma atriz tão famosa quanto ele, o artista encontrou o que procurava.

Spencer Tracy e Katharine Hepburn ainda jovens / Crédito: Divulgação

 

O começo de um conto de fadas

Logo que Spencer e Louise se conheceram, ele ficou profundamente apaixonado pela inteligência e pela força da mulher. Casaram-se e, no ano seguinte, tiveram o pequeno John. Em poucos meses, no entanto, descobriram que o pequeno era surdo.

A novidade caiu como um balde de água na relação do casal apaixonado. Louise, de repente, se viu responsável por um menino deficiente e passou a dedicar toda sua vida ao filho e seus dias funcionavam em função de John.

Ambos sentiram quando o casamento começou a sofrer com a distância e o ator, cuja carreira decolava como um foguete, tomou decisões questionáveis. Ainda que se sentisse culpado pela peculiaridade do filho, Spencer passou a trair Louise.

Dessa forma, o ator deu início a uma longa lista de amantes famosas, como Loretta Young, com quem ele teria tido um filho. Embora fossem em grande quantidade, os romances duravam pouco, até Hepburn entrar na equação.

Spencer, Susie, Louise e John, respectivamente / Crédito: Divulgação

 

A paixão avassaladora

Em meados de 1941, Spencer já tinha sua segunda filha com Louise quando conheceu Katherine Hepburn. Os dois haviam sido escalados para contracenar no longa Woman of the Year e, assim que se viram, a atração foi instantânea.

O relacionamento logo se tornou uma fábula hollywoodiana e o nome do casal adúltero estava em todas as manchetes. Na frente das câmeras, a química entre os atores era indiscutível; por trás delas, a paixão era avassaladora.

Rapidamente, é claro, o que era uma amizade se tornou um amor inesperado. Por vezes, Hepburn disse que “faria qualquer coisa” pelo seu amado, ainda que ele fosse casado com outra mulher.

Spencer, por sua vez, continuava tão infiel com Katherine quanto era com Louise. Enquanto a atriz jurava seus sentimentos mais verdadeiros, o homem mantinha contato com outras colegas de filmagem e dormia com prostitutas.

Um casamento em pedaços

Durante todos os diversos relacionamentos de Spencer, ele e Louise nunca realmente se separaram. Apesar das infidelidades, a mãe dedicada seguia casada com o ator porque ele financiava seu projeto mais precioso.

Enquanto o famoso artista corria atrás de outras mulheres, Louise decidiu erguer uma escola para crianças surdas, a John Tracy Clinic. Para Spencer, o patrocínio da instituição era uma forma justa de se redimir de suas traições.

Nessa lógica complexa, os três personagens viveram um triângulo amoroso bastante delicado. A trégua se manteve por anos e, assim, Spencer e Katherine ficaram juntos por quase 30 anos.

Spencer e Katherine já mais velhos / Crédito: Divulgação

 

As cicatrizes de um amor perdido

Em 1967, a saúde de Spencer já não era das melhores, devido ao abuso de álcool e drogas. Mesmo cansado, ele seguida com suas filmagens até que teve um ataque cardíaco. Katharine o encontrou morto na cozinha de casa.

Indicado a nove Oscars de Melhor Ator, dono de duas estatuetas, Spencer faleceu aos 67 anos de deixou ambas sua esposa e sua amante para trás. Em No enterro, entretanto, apenas Louise assistiu o caixão ser enterrado.

Katharine, que acreditava não ser a culpada pelo fim do casamento, decidiu por se despedir do amado na igreja e não acompanhou o cortejo fúnebre. Vencedora de quatro Oscars de Melhor atriz, a famosa atriz morreu em maio de 2003, aos 96 anos, vítima de um tumor no pescoço.


+Saiba mais sobre o tema através das obras abaixo, disponíveis na Amazon:

Me, de Katharine Hepburn (1996) - https://amzn.to/3aItkDH

Katharine Hepburn, de Anne Edwards (2019) - https://amzn.to/2YejQNR

Spencer Tracy, de James Curtis (2011) - https://amzn.to/3cWpc4f

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W