Matérias » União Soviética

"Mentalidade dos escravos”: Svetlana Alliluyeva, a filha de Stalin que criticava a ideologia do pai

Carregando o fardo da figura paterna durante a vida, a mulher era contra o que considerava a “hipnose coletiva” do governo comunista de Stalin

Joseane Pereira Publicado em 17/07/2020, às 11h00

Stalin com sua filha Svetlana Alliluyeva em Moscou, 1933
Stalin com sua filha Svetlana Alliluyeva em Moscou, 1933 - Getty Images

Svetlana Alliluyeva, única filha de Joseph Stalin, era adorada pelo pai. Com uma juventude que oscilou entre obediência e rebeldia, e percebendo aos poucos as atrocidades cometidas no governo Stalin, ela enfrentaria turbulências durante toda a vida por carregar a sombra de um dos maiores ditadores da História.

Stalin segurando sua filha, Svetlana. Foto tirada em 1937, na casa de campo de Stalin, em Moscou / Crédito: Getty Images

 

Apesar de ter tido dois filhos homens, Joseph Stalin tinha preferência por sua filha caçula. Nascida em 26 de fevereiro de 1926, ela era chamada pelo pai de “pequeno pardal” e “pequena mariposa”.  Stalin criou inclusive um jogo entre os dois, que persistiu durante toda sua infância: sempre que ela pedia algo, ele dizia: "por que você está pedindo? Dê uma ordem, e eu farei imediatamente". Desta forma, ela é que ficava no comando.

Entretanto, o encantamento da garota por seu pai foi se perdendo com o tempo. Ao perceber o sumiço de pessoas próximas, como sua babá e o escritor judeu Aleksei Kapler, por quem ela se apaixonou na adolescência, Svetlana foi ligando os pontos e percebendo a dimensão do poder exercido por Stalin — que, com uma palavra, poderia levar milhares de pessoas à execução.

Joseph Stali com seu filho Vasily e Svetlana / Crédito: Getty Images

 

"Era uma mulher com imaginação, apaixonada pela escrita, frustrada e prisioneira da proteção que era dada ao nome de seu pai. Mas nunca deixou de se rebelar contra isso. Sua determinação era impressionante", afirmou Rosemary Sullivan, autora da obra A filha de Stálin, em entrevista para a BBC Mundo.

Vida adulta e críticas ao governo

Svetlana teve uma vida conturbada, tanto na URSS quanto nos outros países onde viveu. Considerada pelo regime como a pior desertora, ela passou a divulgar suas opiniões: o comunismo soviético "exigia a censura de qualquer pensamento privado por meio da hipnose de massas", e a ideologia de seu pai era uma "mentalidade dos escravos".

Vivendo nos Estados Unidos em 1967, em um momento de distensão da Guerra Fria, ela acabou sendo um alvo de atenção global por ter desertado da União Soviética em companhia de agentes da CIA. Nos Estados Unidos, Svetlana acabou se tornando escritora, publicando livros e dando entrevistas onde criticava o regime do qual saiu.

"Lênin foi o fundador de um sistema baseado num partido, no terror e na supressão dos desertores... todos os esforços para melhorar a imagem de Lênin e transformá-lo num santo são inúteis", afirmou ela certa vez.

No ano de 1990, a filha de Stalin afirmou para um jornal britânico: “não se deve reclamar do próprio destino, mas lamento que a minha mãe não tenha se casado com um carpinteiro". Svetlana Alliluyeva faleceu em 22 de novembro de 2011, aos 85 anos, de câncer terminal. Suas cinzas foram jogadas no Oceano Pacífico.


+Saiba mais sobre essa história através das obras abaixo

Stalin's Daughter: The Extraordinary and Tumultuous Life of Svetlana Alliluyeva, de Rosemary Sullivan - https://amzn.to/38ooA5X

Apenas um ano, de Svetlana Alliluyeva - https://amzn.to/2P6awqc

Twenty Letters to a Friend: A Memoir, de Svetlana Alliluyeva - https://amzn.to/2LH8wCL

Stálin, de Simon Sebag Montefiore - https://amzn.to/2P8lBr2

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/3b6Kk7du