Sensibilidade antes da barbárie

Quadros campestres pintados por Hitler são vendidos na Inglaterra

Tiago Cordeiro Publicado em 18/12/2009, às 05h06 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

Nas décadas de 10 e 20, Adolf Hitler (1869-1945) quis ser pintor profissional. Uma coleção de 13 aquarelas suas, recém-vendida pela casa de leilões inglesa Mullock’s, mostra que o artista era diferente do ditador. Para Richard Westwood Brookes, especialista que avaliou as obras, Hitler não era nenhum Picasso, mas tinha domínio da técnica. O mais surpreendente é que ele gostava de quadros de temática campestre - como fica claro em um autorretrato de 1913. As obras foram localizadas por acaso em março, em uma garagem na Inglaterra. A coleção foi vendida por 138 mil dólares.