Tela de Caravaggio: Jóia da rainha

Descoberta tela de Caravaggio na coleção real britânica

Isabela Flórido Publicado em 01/01/2007, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

A coleção de arte da família real britânica ficou mais valiosa. Uma tela que era considerada uma cópia de obra renascentista, esquecida num empoeirado depósito por mais de um século, foi atestada como um autêntico Caravaggio. Após seis anos de análise, especialistas concluíram que se trata de O Chamado de São Pedro e Santo André, estimado em 50 milhões de libras (200 milhões de reais). Porém, por pertencer à nação, ele jamais poderá ser vendido.