Curiosidades » Brasil Império

Autora indica 5 grandes obras sobre a vida e a morte de Dom Pedro I

A grande jornalista Iza Salles, autora de O coração do rei: a vida de dom Pedro I: o grande herói, separou livros importantes para quem quer saber mais sobre a vida de Pedro

Iza Salles Publicado em 15/10/2020, às 16h26 - Atualizado às 17h26

Dom Pedro I em pintura oficial
Dom Pedro I em pintura oficial - Wikimedia Commons

O ponto de partida para escrever um romance histórico são outros livros onde você colhe informações. Se seu livro é sobre alguém que tem uma vida rica em fatos, melhor dispensar a ficção. Narre os fatos. Se os autores consultados tiveram participação na vida do biografado, transforme-s nos personagens que realmente foram. Eis os conselhos que dou a quem escrever um romance histórico.

Aconteceu comigo em O Coração do Rei, sobre o primeiro imperador do Brasil. Mas confesso que ousei um pouco mais ao transformar três dos maiores historiadores da primeira metade do século 20 também em personagens. Com suas opiniões haviam me ajudado a descobrir o verdadeiro Pedro I. Como muitos religiosos haviam contribuído para a luta pela independência, transformei-os em sacerdotes.

Assim Otávio Tarquínio de Souza (1889-1959), Oliveira Lima (1867-1928) e Tobias do Rêgo Monteiro (1876-1952) se tornaram Frei Tarquínio de Jesus, Frei Oliveira Lima da Misericórdia e Frei Tobias do Amor Divino, e como tal expuseram suas ideias sobre o rei. Me diverti com eles e lhes prestei uma homenagem porque sem suas ideias o livro seria incompleto.

1. A vida de Pedro I, de Octávio Tarquínio de Souza

Num tempo em que não havia internet Octávio Tarquínio de Souza, depois de vasculhar todos os arquivos brasileiros, atravessou o oceano para pesquisar na Torre de Tombo tudo o que havia sobre o primeiro imperador brasileiro. Escreveu o livro que mais me impressionou nas minhas pesquisas, A vida de Pedro I, três volumes com os mais importantes  detalhes dos 36 anos vividos pelo imperador. Lançado em 1952 até hoje é referência para quem quiser escrever sobre ele.


2. Leopoldina, Cartas de Uma Imperatriz, de Bettina Kahnn e Patricia Souza Lima

O perfil da primeira Imperatriz suas ideias, origens, mocidade e paixão pelo marido Pedro, ficou mais iluminado por obra recente, Leopoldina, Cartas de Uma Imperatriz, com artigos de um coletivo de historiadores e seleção das cartas por Bettina Kahnn e Patricia Souza Lima.Uma delícia de ler, ver, com de riqueza de fotos e ilustrações, um trabalho cuidadoso que merece elogios e um lugar na sua biblioteca.


3. O Cerco do Porto, de Hugh Owen

O Cerco do Porto é um livro de memórias do coronel inglês Hugh Owen que foi para Portugal lutar contra Napoleão, se apaixonou, ficou no país e se tornou mais tarde aliado de Pedrona guerra contra o irmão Miguel. Owen nos dá o melhor depoimento sobre Pedro na guerra e na maturidade. Tem profunda admiração pelo “rei soldado” e ao enumerar os vinte motivos que explicariam sua vitória numa guerra desigual, cita sua coragem, determinação e resistência ao não se deixar abater por suas doenças. Resistiu até conseguir a vitória. “Adeus Porto que não te verei mais”, sussurrou ao deixar a cidade.


4. Diário de uma viagem ao Brasil, de Maria Graham

A inglesa Maria Graham, chegou ao Brasil por acaso, depois da morte do marido, um almirante inglês, quando retornavam do Chile. Gostou tanto que decidiu ficar por aqui. Tornou-se amiga de Leopoldina e Pedro e, muito culta, aceitou convite do casal para ser preceptora dos filhos, o que lhe permitiu testemunhar momentos importantes relatados em Diário de uma viagem ao Brasil, sobre costumes do tempo, escravidão, além de se tornar confidente da imperatriz. Cito em meu livro seu espanto ao se deparar nas festas do imperador com oficiais negros que haviam lutado pela Independência, o que demonstra que Pedro já sabia que o lugar deles não era apenas a senzala


5. Narrativa de Uma Guerra de Serviços no Liberta-se e Brasil da Dominação Portuguesa, de Thomas Cochrane

O almirante Thomas Cochrane conhecido como “El Diablo” por ter infernizado a vida dos espanhóis nas lutas pela Independência do Chile e Peru, foi contratado por Pedro para ajudar a expulsar as tropas portuguesas, tarefa que cumpriu brilhantemente no Rio, na Bahia e no Maranhão. Tudo relatado em Narrativa de Uma Guerra de Serviços no Liberta-se e Brasil da Dominação Portuguesa. Não o fez por patriotismo, mas por bela soma em dinheiro, mas vale a contribuição histórica e as curiosidades que nos relata.


+Saiba mais sobre o tema por meio de obras disponíveis na Amazon: 

O coração do rei, de Iza Salles (2019) - https://amzn.to/37dQCmD

Um cadáver ao sol, de Iza Salles (2016) - https://amzn.to/2H1ROPo

Vida De D. Pedro I, de Octávio Tarquínio de Souza (1988) - https://amzn.to/3k3CAaK

Leopoldina, Cartas de Uma Imperatriz, de Bettina Kahnn e Patricia Souza Lima (2006) - https://amzn.to/3jXlKKJ

Diário de uma viagem ao Brasil, de Maria Graham (1990) - https://amzn.to/343vbmt

Journal of a Voyage to Brazil (Edição Inglês), de Maria Graham - https://amzn.to/342EbIm

Narrative of Services in the Liberation of Chili, Peru and Brazil from Spanish and Portuguese Domination (Edição Inglês), de Thomas Cochrane (2009) - https://amzn.to/2HcGYWj

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W