Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Curiosidades / The Crown

The Crown: Entenda o salto no tempo da parte 2 da última temporada

Segunda parte da última temporada de The Crown mostrará salto no tempo após a morte da princesa Diana em um trágico acidente

por Thiago Lincolins

tlincolins_colab@caras.com.br

Publicado em 30/11/2023, às 12h03

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
O príncipe William em The Crown - Divulgação/Netflix
O príncipe William em The Crown - Divulgação/Netflix

Sucesso entre o público e a crítica, a série The Crown chegará ao fim. Misturando fato e ficção ao retratar o reinado da rainha Elizabeth II, a produção teve a primeira parte de sua temporada final disponibilizada. Agora, a segunda parte será adicionada ao catálogo da plataforma de streaming no próximo dia 14. 

A primeira etapa da temporada final acaba com o drama vivido pela monarquia após a trágica morte da princesa Diana em um acidente de carro, ocorrido em 1997. Com isso em mente, muitos podem se perguntar o que será abordado nos últimos episódios. 

Os príncipes Harry e William em The Crown /Crédito: Justin Downing/Netflix

Bom, conforme divulgado pela Netflix, a série terá um salto temporal para a década de 2000, no momento em que a monarquia britânica precisa, mais uma vez, encarar os novos tempos. 

Recomeço

Os últimos episódios mostrarão o príncipe William (Ed McVey) retomando a vida após a morte da mãe. O período em que o filho de Diana vai para a faculdade e conhece Kate Middleton, hoje sua esposa, também será abordado. Além disso, a produção também retratará os altos e baixos da monarquia diante da maneira como lidaram com a morte de Diana, que resultou em críticas. 

Os episódios finais também mostrará o Jubileu de Ouro da rainha Elizabeth II (Imelda Stauton) enquanto ocorrem momentos importantes, como casamento do então príncipe Charles (Dominic West) com Camilla Parker (Olivia Williams). 

A rainha Elizabeth e o príncipe Philip em The Crown /Crédito: Justin Downing/Netflix

"Não é um grande salto em termos de tempo, mas parece um grande salto emocional. Tenho uma queda completa pelo episódio cinco. Acho que é excelente e sei que Peter Morgan sente o mesmo. É muito profundo e é muito comovente. É lindamente interpretado por Ed McVey, e Dominic West é incrivelmente bom, então mal posso esperar para que as pessoas vejam o episódio. Isso pode me fazer chorar só de pensar nisso. É muito sobre pai e filho. Eu adorei esse episódio", explica Suzanne Mackie, produtora executiva de The Crown, como repercutido pela Collider.

É fato que muitos esperavam que a série da Netflix abordasse momentos mais atuais da monarquia britânica, como a polêmica da família real com o príncipe Harry e Meghan, no entanto, essa nunca foi a ideia de Peter Morgan, o criador da produção. 

"Peter sabia desde o início, há 10 anos, que seria 2005. Ele sempre dizia: 'Quero terminar na época em que Camilla e Charles se casaram'. Eu sempre vejo isso como um conto de fadas. Tipo, esse é o fim da nossa jornada: a paz foi restaurada à terra e eles viveram felizes para sempre", explica Mackie.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!