Curiosidades » Brasil Império

Da simplicidade a angustiante morte no exílio: 5 curiosidades sobre a imperatriz Teresa Cristina

Saiba mais sobre a trajetória e os momentos finais da última imperatriz do Brasil

Redação Publicado em 11/08/2021, às 13h47 - Atualizado às 16h14

Retrato da imperatriz Teresa Cristina
Retrato da imperatriz Teresa Cristina - Domínio Público, via Wikimedia Commons

Na última segunda-feira, 9, a Rede Globo lançou a novela ‘Nos Tempos do Imperador’. Com autoria de Alessandro Marson e Thereza Falcão, a trama trata-se de uma continuação da saga de ‘Novo Mundo’, exibida em 2017 pela mesma emissora. 

A nova produção continua acompanhando a saga da família imperial brasileira, sendo ambientada durante o Segundo Reinado. Além disso, a obra apresenta aspectos íntimos e profundos da vida do último imperador ao lado de sua esposa, a imperatrizTeresa Cristina. 

Pensando nisso, o site Aventuras na História selecionou 5 curiosidades sobre a vida e morte da última imperatriz do Brasil.

Confira abaixo.

1. Primeiro encontro

Quando conheceu a imperatriz, o casal teve um primeiro encontro marcado por um fato curioso.

Pintura feita por José Correia de Lima (1814-1857), que fez D. Pedro II ficar encantado por Teresa Cristina / Crédito: Revista de História da Biblioteca Nacional / Museu Imperial do Brasil / Museu imperial do brasil

 

Após o imperador ter visto um retrato em que Teresa Cristina era mostrada com uma "beleza idealizada", as expectativas de Dom Pedro II flutuaram, fazendo com que ele a procurasse para uma proposta de casamento.

Porém, a realidade foi outra quando se deparou com a mulher pessoalmente. Ele ficou insatisfeito com a aparência simples da noiva, mas mesmo assim seguiu com o casamento.


2. Os filhos

Ao todo, o casal teve quatro filhos: D. Afonso Pedro, D. Isabel,D. Leopoldina e D. Pedro Afonso. A Princesa Isabel, por sua vez, mais tarde, ficou conhecida por assinar a Lei Áurea no Brasil.


3. Expedições arqueológicas

Nascida em Nápoles, Duas Sicílias, Teresa Cristina não abandonou suas raízes, e patrocinou expedições arqueológicas, levando impressionantes itens da Roma Antiga até o Brasil.

Teresa Cristina e Dom Pedro II com suas filhas / Crédito: Joaquim José Insley Pacheco (1830–1912) / Domínio Público, via Wikimedia Commons

 

Foi ela, também, que deu um importante passo para a imigração italiana no país, recrutando médicos, professores, farmacêuticos, enfermeiras, artistas, trabalhadores e muito mais de sua terra natal. O objetivo era melhorar a educação e a saúde pública do Brasil com mão de obra especializada.


4. Simplicidade

Teresa era conhecida pela simplicidade, acompanhada por seu distanciamento do governo e com as questões políticas. Isso dava a ela uma armadura para enfrentar críticas.

Como consequência, sua natureza acolhedora e gentil fez com que recebesse o carinhoso apelido de "Mãe dos brasileiros".


5. A morte 

Muito apegada ao país que a acolheu, a imperatriz ficou devastada diante do exílio. Durante toda a viagem até Lisboa, Portugal, a esposa de Dom Pedro II mostrou estar com a saúde duramente afetada, vindo a óbito no dia 28 de dezembro de 1889 — cerca de um mês após a queda da monarquia. 

TeresaCristina veio a óbito numa profunda angústia. Segundo a obra História de D. Pedro II (1975), de Pedro Calmon, em seu leito de morte, ela teria dito a Maria Isabel de Andrade Pinto: "Maria Isabel, não morro de doença. Morro de dor e de desgosto (...) Sinto a ausência das minhas filhas e de meus netos. Não posso abençoar pela última vez o Brasil, terra linda ... não posso lá voltar".


++Leia também: Selton Mello celebra personagem de 'Nos Tempos do Imperador': ''Grandioso''.


+Saiba mais sobre a família imperial por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Pedro II – A história não contada: O último imperador do Novo Mundo revelado por cartas e documentos inéditos, de Paulo Rezzutti (2019) - https://amzn.to/2qWOGw7

Leopoldina: a história não contada: A mulher que arquitetou a independência do brasil, de Paulo Rezzutti (2017) - https://amzn.to/2DsrmJt

Coleção Princesa Isabel. Fotografia do Século XIX , de Bia Correa do Lago e Pedro Correa do Lago (2013) - https://amzn.to/34ue8aO

Retratos do Império e do Exílio, de Vários Autores (2011) - https://amzn.to/35PKgWP

Pedro: Imperador do Brasil e rei de Portugal, de Eugénio dos Santos (2015) - https://amzn.to/34ySFO6

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W