Notícias » Alemanha

60 metros do Muro de Berlim são demolidos para a construção de novos prédios

Ainda que menos famoso, o segmento derrubado era uma porção importante do monumento histórico, já que representava uma das poucas partes ainda de pé

Pamela Malva Publicado em 09/04/2020, às 10h00

Homem com marreta no dia da Queda do Muro de Berlim, em 1989
Homem com marreta no dia da Queda do Muro de Berlim, em 1989 - Divulgação

Mais de 30 anos depois da Queda do Muro de Berlim, parte do monumento histórico foi derrubada para a construção de condomínios de luxo. Localizado no bairro de Pankow, o segmento demolido tem 60 metros de comprimento.

Segundo o vereador da cidade, Vollrad Kuhn, a demolição já estava prevista há tempos. A Fundação do Muro de Berlim, instituição responsável pela preservação do monumento, entretanto, afirmou que não sabia nada sobre a obra.

Esquecida com o tempo, a seção demolida fazia parte da parede instalada em meados de 1970, a fim de reforçar o muro original. O trecho demolido, diferente da parte conhecida pelo mundo todo, não era considerado um monumento histórico.

Ainda assim, a Fundação do Muro de Berlim e o Museu da RDA ficaram frustrados com a demolição, já que a construção representava um dos maiores segmentos do Muro de Berlim que seguem de pé até hoje. Agora, restam 24 quilômetros da estrutura e grande parte é considerada, de fato, um importante cartão postal da cidade.