Notícias » Cultura

Ambientada na África ancestral, obra inédita faz referências a Marvel e García Márquez

Leopardo negro, lobo vermelho, do escritor jamaicano Marlon James, apresenta épicas histórias africanas que transcendem o imaginário

Victória Gearini Publicado em 18/02/2021, às 18h41

Capa da obra Leopardo negro, lobo vermelho (2021)
Capa da obra Leopardo negro, lobo vermelho (2021) - Divulgação / Editora Intrínseca

Vencedor do prêmio Man Booker Prize 2015, o autor jamaicano Marlon James lançou, em janeiro deste ano, a obra "Leopardo negro, lobo vermelho", pela Editora Intrínseca. Ambientado na África, o livro mescla diversas referências, entre elas ao universo Marvel, García Márquez e Bosch.

Inspirado em histórias africanas, o escritor aborda os limites entre a verdade e o poder ocasionados pela ambição, e apresenta fronteiras entre o surreal e o real, partindo de uma literatura que transcende o épico e fantástico.  

[Colocar ALT]
Leopardo negro, lobo vermelho, de Marlon James (2021) / Crédito: Divulgação / Editora Intrínseca

“James cria uma África ancestral perigosa e alucinante, um mundo fantástico ao estilo de Tolkien, o tipo de livro que eu não sabia que precisava ler até lê-lo”, disse Neil Gaiman.

A obra é narrada pelo personagem Rastreador, um homem mercenário que se candidata para localizar um herdeiro legítimo do trono que encontra-se desaparecido — e possivelmente até mesmo morto.  

No cenário de uma África pré-colonial, o protagonista parte em busca do paradeiro do garoto. Ao longo de sua jornada, o épico caçador conhece cidades ancestrais, explora rios e florestas enigmáticas e encontra personagens inusitados, como demônios, bruxas, feiticeiros e necromantes. 

Em confronto interno, o Rastreador se vê obrigado a se juntar a estes personagens, que transgridem entre gêneros, formas e personalidades. Dentre as enigmáticas figuras que encontra pelo caminho, o mercenário se depara como um metamorfo metade homem e metade leopardo, que irá ajudá-lo a encontrar o menino desaparecido.

No decorrer da narrativa, o protagonista questiona-se quem será o garoto que ele está procurando, por que ele sumiu de maneira misteriosa e, principalmente: quem está dizendo a verdade?

“Contagiante, cheio de ação, o equivalente literário do universo dos heróis da Marvel”, declarou Michiko Kakutani, do The New York Times.

Com tradução de André Czarnobai, Leopardo negro, lobo vermelho, encontra-se disponível na Amazon, em formato de capa comum e Kindle. Além disso, entrou para a lista dos livros mais vendidos da plataforma na categoria Fantasias Sombrias Literatura e Ficção.


+Saiba mais sobre esta e outras de Marlon James disponíveis na Amazon:

Leopardo negro, lobo vermelho, de Marlon James (2021) - https://amzn.to/3biqyXZ

Breve História de Sete Assassinatos, de Marlon James (2021) - https://amzn.to/3uadCvY

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W