Notícias » África do Sul

Ambientalista morre após ser atacado por leoa que ele mesmo resgatou

A tragédia aconteceu na África do Sul e a esposa da vítima presenciou o ocorrido

Penélope Coelho Publicado em 28/08/2020, às 12h55

West Mathewson e leoa branca
West Mathewson e leoa branca - Divulgação / Arquivo Pessoal

Na última quarta-feira, 26, o ambientalista sul-africano West Mathewson foi atacado por uma leoa branca, na província de Limpopo, no norte da África do Sul, o homem não resistiu e morreu. As informações são da BBC.

Os animais em questão haviam sido resgatados de fazendas de caça por Mathewson em 2017. O ataque aconteceu enquanto o homem passeava com as leoas durante a tarde, quando uma delas partiu para cima dele de maneira inesperada.

As informações foram confirmadas pela família de West, sua esposa, Gill, estava em um carro logo atrás do marido, porém, não conseguiu salvá-lo. Agora, as fêmeas serão mandadas para um abrigo temporário até que os familiares da vítima tomem alguma decisão. Contudo, em nota, a família de Mathewson afirmou que as leoas deverão ser liberadas “no melhor ambiente disponível para elas".

De acordo com a BBC, as leoas já teriam matado outra pessoa anteriormente, após fugirem do recinto onde estavam presas, antes de terem sido resgatadas pelo ambientalista.