Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Amber Heard

Apesar de petição que bateu milhões de assinaturas, Amber Heard continua em 'Aquaman'

Amber Heard foi alvo de boicote de internautas após intensa briga judicial contra Johnny Depp

Redação Publicado em 26/04/2023, às 12h26

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Amber Heard em 'Aquaman' - Divulgação
Amber Heard em 'Aquaman' - Divulgação

No ano passado, o ex-casal de atores, Johnny Depp e Amber Heard protagonizaram uma intensa briga judicial, que revelou uma série de abusos por parte de ambos. No entanto, a disputa dentro dos tribunais, que resultou na derrota de Amber, acabou ressoando profissionalmente.

A atriz, que deu vida à personagem Mera em 'Aquaman' (2018), foi alvo de uma petição online que pedia o fim de sua participação no próximo filme da franquia. ‘Aquaman an the Lost Kingdom’, que será lançada neste ano. 

A petição ‘Remove Amber Heard from Aquaman 2’ conquistou 4.628.361. No entanto, o número de assinaturas não foi suficiente para 'chutar' a atriz do filme. O primeiro trailer do filme, revelado na CinemaCon, confirma a presença da atriz no longa, afirma o CinemaBlend.

Como repercutido pelo Terra, a prévia do filme mostra a personagem de Amber, 'Mera', encarando uma intensa batalha sob o mar. Durante a disputa com Depp nos tribunais, Heard se pronunciou sobre os rumores de que seria substituída no filme por outra atriz. 

"O rumor continua como desde o primeiro dia - impreciso, insensível e um pouco insano", disse ela em comunicado à imprensa. A atriz, entretanto, revelou que teve muitas cenas cortadas no filme.

"Recebi um roteiro e, em seguida, novas versões do texto que tiraram cenas que tinham ação que mostravam minha personagem e outro - sem dar spoilers - lutando", explicou Amber. "Eles basicamente tiraram muito do meu papel. Apenas removeram um monte [de sequências]."

Amber x Depp

O ator Johnny Depp entrou com uma ação judicial contra Amber Heard após a atriz publicar uma carta aberta na qual dizia ser vítima de agressão física. Em resposta, Amber o processou em cerca de R$466 milhões por danos contra sua imagem.

Ela afirmou que as difamações que Depp fez seriam uma maneira de ‘continuar o abuso e assédio’ que sofreu, repercutiu o UOL no ano passado. Após seis semanas de julgamento, Amber fora condenada a pagar US$ 15 milhões, no entanto, o valor foi reduzido para US$ 10,35 milhões. Ao mesmo tempo, Depp também foi condenado a pagar US$ 2 milhões à ex-companheira.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!