Notícias » Entretenimento

Após 248 apresentações, pai de Britney Spears diz que 'vícios e transtornos mentais' da artista são 'graves'

O pai da cantora ainda deu declarações sobre o possível estado de saúde mental atual de Spears

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 24/08/2021, às 17h09

Britney Spears em 2016
Britney Spears em 2016 - Getty Images

Jamie Spears deu mais declarações a respeito do estado mental de sua filha recentemente, segundo divulgado pelo The Independent nesta terça-feira, 24.

O pai de Britney, que, no contexto de um polêmico processo judicial, concordou em renunciar a administração da tutela da cantora após ocupar o cargo por 13 anos, afirmou em documentos que os “vícios e transtornos mentais” da filha são “mais graves do que se imagina”. 

Jamie ainda acrescentou que, caso certas informações “altamente confidenciais” estivessem disponíveis ao público, a tutela seria elogiada. 

Ele defendeu que a proteção jurídica "a salvou [Britney] do desastre, a apoiou quando ela mais precisou, protegeu ela e sua reputação e facilitou a restauração de sua carreira".

Por fim, a figura paterna também negou a alegação feita recentemente pela estrela do pop de que ela teria sido obrigada a ingerir medicamentos estabilizadores de humor. 

Segundo o senhor Spears, os remédios tomados por Britney foram receitados por médicos, e seu único papel nesse processo seria pagar as contas.

O caso Spears 

Ao mesmo tempo, fãs relembram que desde que Spears teve a carreira controlada pelo pai, lançou um total de quatro álbuns, campanhas publicitárias - que compreendem até mesmo a linha de perfumes, com comerciais -, realizou duas turnês mundiais e uma residência em Vegas, que foi iniciada em 2013 e acabou em 2017 após um total de 248 apresentações. 

Assim, o questionamento dos fãs que acompanham a cantora é um só: uma pessoa com tal condição conseguiria fazer tudo isso?