Notícias » Personagem

Após procedimento estético, ex-modelo Linda Evangelista revela que ficou ‘permanentemente deformada’

Em seu Instagram, a mulher de 56 anos deu detalhes sobre o ocorrido

Penélope Coelho Publicado em 25/09/2021, às 09h02

Linda Evangelista, em 2015
Linda Evangelista, em 2015 - Getty Images

Recentemente, a ex-supermodelo canadense, ícone da moda na década de 1990, Linda Evangelista, de 56 anos, falou sobre as consequências que está enfrentando, após passar por procedimento estético malsucedido. As informações foram publicadas na última sexta-feira, 24, pela agência de notícias AFP.

Linda afirma que foi ‘permanentemente desfigurada’ em decorrência de uma cirurgia estética para redução de gordura chamada CoolSculpting. Segundo a mulher, o procedimento realizado há cinco anos a deixou “irreconhecível”. Ela sofreu um raro efeito colateral que faz com que suas células de gordura aumentem, ao contrário do esperado.

Em seu Instagram, a ex-modelo afirmou que não foi avisada a respeito dos riscos do procedimento e que, por isso, irá abrir um processo contra os responsáveis.

Evangelista revelou que sua atual condição — chamada de hiperplasia adiposa paradoxal — explica o motivo de seu sumiço nos últimos anos. A mulher disse que está “deprimida” e tentando “se libertar da vergonha”.

"Para meus seguidores que se perguntam por que não tenho trabalhado enquanto as carreiras de minhas colegas prosperam, o motivo é que fui brutalmente desfigurada pelo procedimento CoolSculpting de Zeltiq, que fez o oposto do que prometia", escreveu.

A ex-modelo continuou: “Fiquei permanentemente deformada mesmo depois de passar por duas cirurgias corretivas dolorosas [...] tenho estado, como a mídia descreve, 'irreconhecível'".

Confira a publicação.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Linda Evangelista (@lindaevangelista)