Notícias » Reino Unido

Arqueólogo reproduz túmulo galês de 5.000 anos no Minecraft

Ao lado de sua filha, a dupla foi responsável por manter — de certa maneira — visitas ao local

Caio Tortamano Publicado em 09/07/2020, às 07h00

Tumba recriada em jogo por pai e filha
Tumba recriada em jogo por pai e filha - Divulgação/Minecraft

Um arqueólogo chamado Ben Edwards, em parceria com sua filha de 11 anos, Bella, reproduziu o impressionante sítio arqueológico Bryn Celli Ddu no jogo Minecraft. Reproduzindo tanto o exterior quanto pelo interior da estrutura, Edwards utilizou o tempo livre na quarentena para tentar novas abordagens com o objetivo de incentivar pessoas a frequentarem locais históricos.

Localizado em uma ilha ao norte do País de Gales, o local geralmente recebe a visita de crianças que em passeios de escola costumam observar e participar de escavações. Toda essa agenda foi interrompida diante da pandemia do coronavírus.

A tumba Bryn Celli Ddu na vida real / Crédito: Wikimedia Commons

 

O mundo virtual recriado tem como a estrutura seu ponto central, tendo ela sido escavada pela primeira vez — na vida real — em 1928. Um longo corredor leva a entrada de pedra até uma câmara poligonal, onde foram encontrados itens arqueológicos valiosos, como: pontas de flechas, ossos humanos, conchas e outros restos raros.

Divulgação/Minecraft

 

A liberdade criativa do jogo possibilitou Edwards a recriar o ambiente “o mais parecido possível com o que era no Período Neolítico”. O arqueólogo Ffion Reynolds, que normalmente conduz visitas guiadas ao local histórico, disse à BBC que: "Essa foi uma maneira de continuar nosso relacionamento com essas escolas e oferecer a elas uma maneira de visitar o site digitalmente".