Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Arqueologia

O artefato histórico que fala sobre piolhos encontrado por arqueólogos

A escavação ocorreu em 2016, mas as gravuras só foram notadas em dezembro de 2021

Redação Publicado em 10/11/2022, às 15h10 - Atualizado em 24/11/2022, às 18h47

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Pente encontrado por arqueólogos - Getty Images
Pente encontrado por arqueólogos - Getty Images

Arqueólogos da Universidade Hebraica de Jerusalém (Israel) e de outras instituições encontraram um pente de marfim com a frase legível mais antiga da escrita cananeia, considerada uma das primeiras formas de alfabeto utilizadas pelo povo cananeu. Pela primeira vez, uma frase desse modelo de escrita foi completamente decifrada.

O artefato é datado de 1,7 mil a.C., possui dimensão de 3,5 por 2,5 centímetros e totaliza 17 símbolos de 1 a 3 milímetros, sendo dois deles danificados. O escrito diz: 

Que esta presa arranque os piolhos do cabelo e da barba”. 

Apesar da deterioração, é possível identificar seis dentes de um lado, que serviriam para remover emaranhados do cabelo e 14 dentes do outro, estes para remover os insetos da cabeça e do rosto.

Piolhos

A escavação ocorreu em 2016 na cidade de Tel Lachish, segunda maior cidade do reino de Judá, depois de Jerusalém, mas as gravuras na superfície do pente só foram percebidas pelos pesquisadores em dezembro de 2021.

As descobertas foram publicadas na revista científica Jerusalem Journal of Archaeology e relata que as evidências encontradas através de microscópio foram responsáveis por identificar pedaços de exoesqueleto de piolhos sob o pente.

Tal evidência foi importante para que a equipe decifrasse o texto, uma vez que, assim como os sistemas de escrita da Mesopotâmia e do Egito, por volta de 3,2 mil a.C., a escrita cananeia não possuía letras, apenas sinais que representavam diferentes palavras e sílabas.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!