Notícias » Família Real Britânica

‘Assunto profundamente pessoal que não comentaremos’, diz Palácio de Buckingham sobre aborto de Meghan Markle

Na última quarta-feira (25), a duquesa de Sussex revelou ter passado pelo infeliz episódio espontaneamente em julho deste ano

Redação Publicado em 26/11/2020, às 07h14 - Atualizado às 08h47

Meghan Markle em 2018
Meghan Markle em 2018 - Wikimedia Commons

De acordo com informações da agência de notícias Reuters, divulgadas pela revista Quem, a família real não irá se pronunciar sobre a revelação de que Meghan Markle passou por um aborto espontâneo.

Segundo revelado na publicação, o Palácio de Buckingham foi procurado pela imprensa, contudo, informou que a situação sofrida pela duquesa de Sussex é um “assunto profundamente pessoal que não comentaremos”. Separadamente, uma fonte próxima à realeza afirmou que apesar de a família real preferir manter o silêncio, há uma “tristeza compreensível sobre a revelação de Markle”.

Na última quarta-feira, 25, a esposa do príncipe Harry revelou a triste notícia através de um artigo publicado no jornal The New York Times. No texto, Meghan conta que sofreu um abordo natural em meados de julho de 2020: “uma dor quase insuportável", diz a duquesa.

No artigo, a mulher explica que naquela fatídica manhã, sentiu uma forte cãibra na região da barriga, e que, algumas horas depois já no hospital viu “o coração do meu marido se partir enquanto ele tentava recolher os meus pedaços", revela Markle.

Sobre Meghan Markle

Nascida em 4 de agosto de 1981, nos Estados Unidos, Rachel Meghan Markle ganhou fama após atuar na série norte-americana Suits (2011 -2017) no papel de Rachel Zane.

No ano de 2017, Markle anunciou o noivado com o príncipe Harry, deixando de lado sua carreira de atriz para se tornar um membro da família real. Após o casamento em 2018, a mulher se tornou duquesa de Sussex. O casal teve um filho, Archie Mountbatten-Windsor, em 6 de maio de 2019.

No início de 2020, Harry e Meghan anunciaram a decisão de deixar os cargos na família real a fim de se tornarem independentes. Atualmente, moram nos Estados Unidos.


+Saiba mais sobre a família real britânica por meio das obras disponíveis na Amazon:

The Queen: The Life and Times of Elizabeth II (Edição Inglês), de Catherine Ryan (2018) - https://amzn.to/2RhgNA7

A Brief History of the Private Life of Elizabeth II, Michael Paterson (2012) - https://amzn.to/394Qjsq

God save the queen - O imaginário da realeza britânica na mídia, de Almeida Vieira e Silva Renato (2015) - https://amzn.to/2xTkiGd

Diana. O Último Amor de Uma Princesa, de Kate Snell (2013) - https://amzn.to/2TgHgPO

Vitória, a rainha: Biografia íntima da mulher que comandou um Império, Julia Baird (2018) - https://amzn.to/2T9uEuc

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp