Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Equador

Carros-bomba causam quatro explosões em Quito, no Equador, na última noite

Na noite desta quarta-feira, 30, quatro explosões de carros-bomba assustaram a população de Quito, capital do Equador

Redação Publicado em 31/08/2023, às 08h08

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Imagens de gravações dos carros-bomba após explosões - Reprodução/Vídeo/Twitter
Imagens de gravações dos carros-bomba após explosões - Reprodução/Vídeo/Twitter

A população da cidade de Quito, capital do Equador, teve uma noite assombrosa nesta quarta-feira, 30. Isso devido a uma série de quatro explosões de carros-bomba que ocorreram em suas ruas.

Conforme noticiado pela EFE, uma agência de notícias internacional da Espanha, a Polícia Nacional do Equador informou que o número de suspeitos envolvidos com o ocorrido eram seis, sendo cinco do Equador e um da Colômbia. Agora, o caso segue sob investigação, de acordo com a prefeitura de Quito nas redes sociais.

Após as explosões, uma série de vídeos foram publicados por internautas equatorianos nas redes sociais, mostrando barulhos, fumaça e carros da polícia andando pela cidade de Quito. Até o momento, as autoridades não informaram sobre nenhuma vítima dos ataques.

Ação do Los Lobos?

De acordo com o g1, uma fonte não oficial contou à EFE que as explosões de carros-bomba da cidade de Quito eram, possivelmente, ligados ao grupo criminoso Los Lobos — o mesmo que assumiu responsabilidade pela morte do candidato à presidência Fernando Villavicencio, morto a tiros no último dia 9.

A mesma fonte ainda disse que a ação possivelmente tinha relação com a transferência de 'Gordo Luis', líder do Los Lobos, para a prisão de segurança máxima La Roca, na cidade de Guayaquil.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!