Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Pinguins

Centenas de pinguins que tentavam chegar ao Brasil são encontrados mortos no Uruguai

Segundo ONG, as aves mortas eram todas jovens e estavam abaixo do peso

por Giovanna Gomes

ggomes@caras.com.br

Publicado em 19/07/2023, às 11h59

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Imagem ilustrativa - Imagem de Brigitte Werner por Pixabay
Imagem ilustrativa - Imagem de Brigitte Werner por Pixabay

Cerca de 300 pinguins, todos jovens e abaixo do peso, foram encontrados mortos no último fim de semana em mais de 17 pontos da costa uruguaia, enquanto tentavam migrar para o Brasil. A denúncia foi feita pela ONG SOS Fauna Marina.

De acordo com o portal de notícias UOL, o governo do Uruguai descartou a possibilidade de gripe aviária após testar os animais. Segundo a fonte, asavespertencem à espéciepinguim-de-magalhãese realizam migrações anuais da região da Patagônia ao Brasil.

Membros da ONG encontraram oito pinguins ainda vivos em meio a tantos animais mortos. Eles estão sendo submetidos a uma reabilitação para que possam retornar à natureza.

Suspeitas

As organizações de meio ambiente suspeitam que a escassez de alimento no mar, ocasionada pelas mudanças climáticas, pode ter sido a causa das mortes. Além disso, também é possível que a mudança da temperatura das águas tenha afetado a saúde dos pinguins.

“Depois dos efeitos do El Niño, notamos a diminuição de algumas espécies de peixes que alimentam os pinguins durante sua migração anual entre a Patagônia e o Brasil. Essas espécies não estão chegando na mesma quantidade nem na mesma data que chegavam antes. Isso pode gerar esses problemas”, disse Richard Tesore, da ONG SOS Fauna Marina, ao Portal Montevideo.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!